Empresa italiana oferece 400 empregos em Pernambuco

Fornecedora da Fiat/Jeep, Sada também anuncia investimento de R$ 120 milhões

Adriana Guarda / Jornal do Commércio

RECIFE

Carretas da Sada vão distribuir os carros produzidos pela montadora de Goiana / Divulgação

Carretas da Sada vão distribuir os carros produzidos pela montadora de Goiana

Divulgação

Responsável pela distribuição de 100% dos veículos da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) no Brasil, a Sada Transportes também será a operadora logística da montadora no Polo Automotivo Jeep, em Goiana (Zona da Mata Norte do Estado). A empresa está investindo R$ 120 milhões na construção de três unidades de operação em Pernambuco, com geração de 400 empregos.

Os pátios serão instalados nos municípios de Goiana e Ipojuca para abastecer o mercado nacional, além de servir como plataforma de exportação e importação da companhia. A fábrica da Jeep tem capacidade para produzir 250 mil veículos por ano e a Sada será responsável por retirar os automóveis de dentro da montadora e entregar na porta das concessionárias.

O pátio de Goiana – terceiro maior do Brasil – está em construção e a previsão é começar a operar em maio. A unidade da Mata Norte será 134.600 m² de área e está localizada a três quilômetros da fábrica da Jeep. O espaço terá um centro de apoio ao motorista, com estacionamento, restaurante, dormitório, vestiário e área de manutenção. “Disponibilizar estrutura para atender ao carreteiro sempre fez parte da nossa filosofia, antes mesmo de entrar em vigor a Lei do Motorista (de 2012)”, destaca o diretor Comercial da Sada, Edson

Pereira, dizendo que a legislação serviu para regular a concorrência. A segunda unidade em Goiana será um centro de carga e descarga, que vai funcionar como apoio dentro da própria montadora. A terceira unidade será construída em Ipojuca, numa área de 132 mil m², responsável pela importação e exportação. A primeira operação da Sada a partir de Goiana vai acontecer em maio. A previsão é realizar 455 viagens por mês para distribuir 4.200 Jeeps Renegade.

Do total de viagens, 100 serão para atender aos mercados do Norte e Nordeste e o restante para o Centro-Sul. O modelo de logística adotado pela Sada tenta aumentar a competitividade e ser sustentável.

A operadora logística vai trazer cegonhas (carretas) de Betim (MG) com modelos Fiat, que vão voltar carregadas de modelos Jeeps para serem distribuídos nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A ideia é ter frete de retorno, sobretudo quando se trata de um produto de maior valor agregado (o modelo inicial do Renegade tem preço estimado em R$ 70 mil). “Esse modelo de logística foi desde 2013 para a unidade de Pernambuco. A estratégia vai poupar 23 mil viagens por ano, além de representar uma economia de 104 milhões de quilômetros, 42 milhões de litros de diesel e de reduzir 101 mil toneladas de dióxido de carbono”, exemplifica Pereira.

Esse frete de retorno tem sido motivo de disputa entre os cegonheiros de Pernambuco e do Centro-Sul. O sindicato local quer garantir que os veículos sejam transportados por carreteiros sediados no Estado, mas só as cargas destinadas ao Norte e Nordeste vão utilizar cegonheiros estabelecidos na região. A maior parte do frete virá de Minas e voltará para o Centro-Sul.

No Estado, a previsão é contratar inicialmente 12 carreteiros, podendo chegar a 40. “Não é justo que os cegonheiros locais fiquem de fora. Já ingressamos com ação judicial contra os sindicatos de Minas e de Goiânia e já tivemos uma série de reuniões com a Sada”, reclama o vice-presidente do Sindicato dos Transportadores de Veículos Autônomos do Estado de Pernambuco (Sintrave-PE), Luciano Pontes, dizendo que são 130 associados.

EMPREGOS – Até o dia 23 de fevereiro a Sada quer contratar os cem primeiros funcionários da empresa no Estado. A ideia é privilegiar mão de obra dos municípios do Litoral Norte. O número de empregados vai crescer gradativamente até totalizar 400 colaboradores, quando a fábrica da Jeep alcançar a produção de 250 mil veículos. As vagas são para motoristas de cegonha, motorista de pátio, conferente, auxiliar de logística e amarrador.

Anúncios

4 Comments

  1. O Centro de Distribuição da Jeep em Suape é de grande importância para a montado-
    ra,pois através do mesmo à sua produção será exportada para outros países,bem
    como será distribuída para outros centros do país.Temos que dar grandes vantagens
    para a montadora,inclusive concluir o tão sonhado Arco Metropolitano.

    Responder

  2. vocês da PE desenvolvimento estão de parabéns pelas informações pois estou no 1ºperiodo de Logística e trabalho na área e mim sinto bem informado obrigado.

    Responder

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s