Tintas Iquine terá fábrica em Vitória de Sto Antão

Raíssa Ebrahim

Jornal do Comércio

Imagem da EmpresaA pernambucana Tintas Iquine está investindo em outra fábrica no Estado, desta vez em Vitória de Santo Antão. A empresa, líder no Norte-Nordeste e quarta marca do País no setor, já opera em Prazeres, Jaboatão, na RMR. A nova planta irá produzir massas, resinas, vernizes e tintas. Será uma unidade voltada para produção imobiliária, industrial e automotiva. O investimento é de R$ 46 milhões, financiados pelo BNDES e Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), e geração de 252 empregos.

Segundo o diretor comercial e de marketing da Iquine, Alan Souza, está sendo feita agora a limpeza da área para iniciar a terraplanagem. Das obras até a produção, serão entre 24 e 36 meses. Quando o projeto estiver maduro, a planta produzirá 70 milhões de litros de tinta por ano. Souza detalha que a ideia era levar a segunda fábrica, que atenderá Meio Norte e Norte, para outro Estado do Nordeste, mas decidiu-se por Pernambuco por causa dos incentivos.

CONDIC

Semana passada o Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic) realizou sua 88ª reunião, a última da gestão Eduardo Campos/João Lyra. A Iquine foi o destaque dentre os projetos industriais aprovados, com maior aporte e maior geração de empregos. Outros 35 foram aprovados: 22 indústrias, 11 importadoras e duas centrais de distribuição. “Para 2015, tem muita coisa engatilhada”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Márcio Stefanni, sem dar detalhes.

Mas é provável que o município de Escada seja destaque já no início do ano. Está nas propostas da pasta a aquisição de um terreno para abrigar novos projetos, além do distrito industrial. Outro grande investimento já certo para o próximo ano é do Grupo gaúcho Bolognesi, que irá implantar uma térmica a gás natural e um terminal de regaseificação em Suape, um investimento de mais de R$ 3 bilhões.

Além disso, o governo sinalizou que irá investir em novos projetos de comercialização de energia renovável, com foto na fotovoltaica, com forte potencial de geração no Sertão. Haverá também apoio à implantação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, Inovação e Engenharia da Fiat Chrysler em três imóveis provisórios, enquanto o da Fábrica Tacaruna não fica pronto. AD Diper também anunciou que fará seu primeiro concurso público em 2015.

Anúncios

2 comentários em “Tintas Iquine terá fábrica em Vitória de Sto Antão”

  1. É preciso dar continuidade a expansão industrial pernambucana e também de outros estados da região nordeste e do Brasil.O maior beneficiado será a população brasileira.
    Os Usineiros precisam ser orientados a direcionar seus investimentos a novas oportunidades de negócios e geração de empregos,ampliando seus lucros e investindo pesadamente no mercado. As empresas como SEBRAE e SENAI pode ajudar nesse sentido.Foi dessa forma que os Barões de café reagiram para sair da situação crítica que passaram na década de 20.Pode ser também dessa forma a dos usineiros pernambucos ou de outros Estados do nordeste a realizar uma revolução industrial local.Dessa forma a situação social será transformada profundamente com a educação,pois a industrialização, direta ou indiretamente, estimula a maior qualificação dos profissionais.A minha visão como futuro empresário é:os trabalhadores são os meus sócios e não meramente empregados;o crescimento do meu empreendimento depende 60% deles,e dessa forma o meu alcance territorial dos meus produtos não será apenas regional,mas nacional.

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s