Convênio entre CNI e Apex-Brasil prevê mais de R$ 10 milhões na promoção de empresas brasileiras no exterio r

O foco do convênio é a internacionalização das pequenas e médias empresas, desde novos processo de exportação até o acompanhamento de negócios já iniciados

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) assinaram nesta terça-feira (25) novo convênio de cooperação para auxiliar a inserção de empresas brasileiras no mercado internacional e promover ações conjuntas de atração de investimentos estrangeiros. Até 2016, R$ 10,2 milhões serão injetados em projetos de promoção comercial em todos os estados brasileiros, executados em conjunto com os Centros Internacionais de Negócios (CIN) das federações de indústrias estaduais.

O foco de atuação é a internacionalização das pequenas e médias empresas, desde aquelas que estão iniciando o processo de exportação, até aquelas que necessitam de acompanhamento de negócios já internacionalizados. O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, disse que a parceria é estratégica para o setor produtivo. “O acordo amplia a promoção e defesa de interesses da indústria. Por meio dele, vamos melhorar as condições para que a indústria brasileira exporte cada vez mais”, declarou, após a assinatura do acordo.

O presidente da Apex-Brasil, Maurício Borges, afirmou: “Esse acordo já vêm de vários anos e vemos o quanto avançamos e quanto as empresas foram beneficiadas. A renovação é um sinal da experiência que tivemos e da maturidade do projeto”.

O histórico de cooperação entre as instituições começou em 2008. De lá para cá, a CNI e a agência selaram três acordos similares, com destaque para a abertura de Unidades de Atendimento da Apex-Brasil nas federações. Entre 2013 e 2014, a ação conjunta atendeu a quase 800 empresas e ajudou a fechar US$ 73 milhões em negócios.

“É uma grande oportunidade para todas as federações e indústrias, pois nos permite planejar as ações de promoção e de atração de investimento, explorando as possibilidades e potencialidades de cada federação”, acrescentou o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi.

A renovação do convênio expande a capacidade de atuação junto aos empresários. Além de promoção comercial, a CNI e a Apex-Brasil oferecerão apoio ao investidor estrangeiro atraído pelas oportunidades de negócio no país. Os setores mais beneficiados pela parceria foram alimentos e bebidas, cosméticos, moda, móveis e madeira, metal mecânico e tecnologia da informação.

Por Ariadne Sakkis
Foto: Miguel Ângelo
Do Portal da Indústria

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s