Desemprego cai a 4,9% em setembro e atinge menor taxa da história para o mês, diz IBGE

Pleno Emprego

Renda média real dos trabalhadores cresce 0,1% em relação a agosto e 1,5% ante setembro de 2013. População desocupada cai 20,9% frente a setembro de 2013
A taxa de desemprego no Brasil caiu de 5% em agosto para 4,9% em setembro na seis regiões metropolitanas investigadas pela Pesquisa Mensal de Emprego (PME), chegando assim ao menor patamar para o mês em toda a séria histórica, iniciada em 2002, informou nesta quinta-feira (23) o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). O resultado superou as estimativas do mercado, que giravam em torno de 5,10%.

Em relação a setembro de 2013 (5,4%), o recuo foi de 0,5 ponto percentual. A população desocupada caiu 20,9% frente a setembro de 2013 e a renda avançou. No mês passado, o rendimento médio real dos trabalhadores teve alta de 0,1%, para R$ 2.067,10, e cresceu 1,5% em relação a setembro de 2013, quando era de R$ 2.035,62.

A massa de renda real dos ocupados somou R$ 48,4 bilhões em setembro, mostrando estabilidade em relação a agosto. Na comparação com setembro de 2013, a massa cresceu 0,9%.

Já a massa de renda real efetiva dos ocupados somou R$ 48,7 bilhões em agosto, uma alta de 0,4% em relação a julho. Na comparação com agosto de 2013, o aumento foi de 1,9% na massa de renda efetiva.

Ocupação

Em relação a setembro do ano passado, a população desocupada caiu 10,9% (menos 145 mil desempregados). A população desocupada foi estimada em 1,2 milhão de pessoas, ficando estável em relação a agosto. Frente a setembro de 2013, houve queda de -10,9%.

O contingente de ocupados somou 23,1 milhões de pessoas, mostrando estabilidade em ambas as comparações. O número de trabalhadores com carteira de trabalho assinada no setor privado (11,7 milhões) também mostrou estabilidade em ambas as comparações.

A redução da população desocupada em relação a agosto último foi puxada por uma queda de 12,3% em São Paulo. No confronto com setembro de 2013, a população desocupada recuou em São Paulo (-23,3%), Rio de Janeiro (-23,2%) e em Belo Horizonte (-17,6%), mas subiu 45,5% em Porto Alegre.

Em setembro de 2014, a população ocupada foi estimada em 23,1 milhões para o conjunto das seis regiões, permanecendo estável em relação a agosto último e a setembro de 2013. Regionalmente, em relação a setembro de 2013, houve alta em Salvador (3,3%) e estabilidade nas demais regiões pesquisadas.

A publicação completa da Pesquisa Mensal de Emprego encontra-se aqui.

Fonte: Portal Brasil com informações do IBGE

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s