Promar lança navio neste mês

Primeiro gaseiro que foi construído em Pernambuco pelo estaleiro entrará na fase final de testes. Falta fechar a data para a cerimônia

ROCHELLI DANTAS
rochellidantas.pe@dabr.com.br

O estaleiro Vard Promar, localizado no Complexo Industrial Portuário de Suape, programa para a segunda quinzena deste mês o lançamento ao mar do primeiro navio gaseiro (usado no transporte de GLP, o gás de cozinha) construído em solo pernambucano. Esta é a fase final de testes, onde são identificados possíveis problemas e realizados os ajustes necessários. A previsão é de que a encomenda seja entregue à Transpetro, subsidiária da Petrobras, e responsável pela encomenda, em dezembro.

A solenidade de lançamento ao mar deve contar com a presença de autoridades do setor. Porém, o estaleiro ainda aguarda a agenda da subsidiária para fechar a data da solenidade. A expectativa é de que, na ocasião, seja anunciado o nome do navio, que, por enquanto, está sendo chamado de EP-3. Procurada pelo Diario, a assessoria de imprensa do órgão afirmou que ainda não há previsão para o lançamento da embarcação. A construção do navio teve início em julho de 2013.

O estaleiro pernambucano faz parte da divisão Vard, o braço offshore do grupo italiano Fincantieri, referência na construção naval mundial. Apenas para erguer o empreendimento, cujas obras estão em fase final, foram investidos R$ 350 milhões. O Promar possui contrato com a Petrobras para a construção de oito navios até 2017, totalizando uma carteira de encomendas de US$ 536 milhões.
Além do EP-3, já foi dada a largada em Suape para a construção do quarto gaseiro. Para não atrasar o cronograma de entregas, já que, além de iniciar a produção de navios, o grupo precisaria estar com a parte física do estaleiro em obras, os dois primeiros navios do pacote começaram a ser construídos na fábrica do Vard Promar em Niterói, no Rio.

Pelo cronograma da empresa, a previsão é de que em 2015 sejam entregues três, no ano seguinte dois e em 2017, o último. O Vard Promar também possui contrato com a Dofcon Navegação, empresa do segmento de instalação offshore, para construção de dois Pipe-Laying Support Vessel (PLSVs), navios de lançamentos de tubos, cuja construção deve ter início até o final do ano. Este último contrato é no valor de US$ 500 milhões.
Fonte: Diario de Pernambuco

20140806-000243-163902.jpg

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s