Integração Nacional planeja integrar a Rota do Cordeiro com o Programa Bioma Caatinga

A união dos programas vai somar conhecimentos e fortalecer ainda mais a produção regional

Brasília-DF, 10/06/2014 – O Ministério da Integração Nacional, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa (Sebrae) e o Banco do Brasil, iniciam ações de aproximação entre a Rota do Cordeiro e o Programa Bioma Caatinga. A iniciativa busca o fortalecimento da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura no sertão do São Francisco, território que possui a metade do rebanho de caprinos e ovinos da Bahia. A união dos programas vai somar conhecimentos e fortalecer ainda mais a produção regional, ampliando o acesso à assistência técnica, crédito e atração de investimentos públicos e privados.

O Programa Bioma Caatinga é o resultado de uma ação conjunta de vários agentes institucionais (Banco do Brasil, SEBRAE/BA, Casa Civil, SEAGRI, FAEB, SENAR-BA, FETAG, UNIVASF, UNEB, EBDA, ADAB, CAR, CEF, MDA, EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, CHESF, CONAB, CODEVASF e ADS-CUT) e tem por objetivo, por meio de análise detalhada da cadeia produtiva da caprinovinocultura, investir no Desenvolvimento Regional Sustentável.

“A proposta é estruturar os Arranjos Produtivos Locais (APLs) associados à ovinocaprinocultura, envolvendo os esforços de capacitação e estruturação produtiva já existentes, com o objetivo de gerar emprego e renda para a população local. Em virtude da última seca, foi fundamental desenvolver alternativas sustentáveis para alimentar os animais, sobretudo mediante a produção e conservação de forragens,  e assim, evitar o uso da cobertura vegetal da caatinga como fonte de alimentos”, explica o gestor de projetos da Secretaria de Desenvolvimento Regional do ministério, Vitarque Coelho.

Além da inclusão produtiva, o projeto também é voltado para a sustentabilidade da atividade, articulando subsistemas de produção, processamento e comercialização, por meio da criação de sistemas agroindustriais integrados. Segundo Vitarque, uma primeira iniciativa pode ser a reestruturação da Fazenda Icó, que já conta com infraestrutura de acesso à água.

“A unidade pode ser convertida em um núcleo regional de produção de alimentos, além de um espaço para o aprendizado das tecnologias de manejo animal e produção de forragens para os produtores da região. Também é viável a instalação de uma Central de Terminação de ovinos e caprinos neste espaço, para facilitar a comercialização coletiva e o abate certificado. O apoio foi solicitado para a concepção e implementação deste projeto”, explica.

Rota do Cordeiro

Parte do programa Rotas da Integração Nacional, a Rota do Cordeiro já possui ações em andamento no Estado da Bahia, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), a Seagri-BA e a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional da Bahia (Car-BA), com ações de apoio à ovinocaprinocultura de leite e corte nos territórios da Bacia do Jacuípe, Irecê e Sertão do São Francisco.

MINISTERIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s