Transposição avança. Governo Federal vistoria obras.

20140413-151457.jpg

Projeto São Francisco: governo federal vistoria obras do Eixo Leste nesta sexta-feira

Com conclusão para 2015, a maior obra de infraestrutura hídrica do País emprega mais de 9.800 trabalhadores

Floresta-PE, 11/04/2014 – O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, e a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, realizam mais um dia de vistorias técnicas nas obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

A comitiva visitou, na manhã desta sexta-feira (11), as obras do túnel Monteiro (Meta 3L), localizado entre o município de Monteiro, na Paraíba, e sobrevoou a cidade de Sertânia, em Pernambuco. O túnel é a última estrutura do Eixo Leste que conduzirá as águas do rio São Francisco para cidades paraibanas. Francisco Teixeira e Miriam Belchior também sobrevoaram todos os trechos de obras do Eixo Leste.

Após a inspeção aérea das Metas 1L e 2L, que passam pelos municípios pernambucanos de Sertânia, Custódia, Betânia e Floresta, a comitiva acompanhou a montagem da tubulação da primeira Estação de Bombeamento (EBV-1) do Eixo Leste. Até o final deste mês, o Ministério prevê o início da montagem do conjunto de motobombas daquela elevatória. Está prevista para a EBV-1 a instalação de duas bombas, cada uma com 85 toneladas, o equivalente ao peso de 85 veículos populares.

No cronograma de vistorias realizado ontem (10), os ministros acompanharam de perto as atividades no Eixo Norte, nos municípios de São José de Piranhas (PB), Mauriti, Jati e Brejo (CE), Salgueiro e Cabrobó (PE) – Metas 1N, 2N e 3N.

O Projeto de Integração do Rio São Francisco faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. Mais de 9.800 mil trabalhadores estão empregados no empreendimento, que vai garantir a segurança hídrica de 12 milhões de pessoas em 390 cidades de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Com 3.040 máquinas em atividade, o empreendimento é composto por dois canais, que somam 477 quilômetros lineares, e envolvem também a construção de 14 aquedutos, nove Estações de Bombeamento, 27 reservatórios e quatro túneis exclusivos para passagem de água.

Foto: Adalberto Marques/MI

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s