Com o novo aporte, serão gerados um total de 350 empregos diretos

Tatiana Notaro, da Folha de Pernambuco

A fábrica de motos da Shineray do Brasil, no Complexo de Suape, será inaugurada, no próximo mês de maio, com uma ampliação na área externa de armazenagem de contêineres. O espaço, que já começou a ser asfaltado, fica na Zona Industrial Portuária de Suape, ao lado da planta, e recebeu oferta de R$ 2,051 milhões, de acordo com uma publicação no Diário Oficial do Estado. O total investido, segundo o diretor executivo da empresa, Paulo Perez, é de R$ 17 milhões, que se somarão aos R$ 140 milhões do aporte total na planta. Em torno de 350 empregos devem ser gerados.

Segundo Perez, os dois hectares acrescentados à planta são uma aposta no crescimento domercado demotos. Na comparação entre os primeiros trimestres de 2013 e 2014, a alta é de 19% no volume de vendas do segmento. “A área que calculamos para a movimentação ficou pequena diante dessa perspectiva”, pontuou Perez, acrescentando que da encomenda de peças feita à China até o envio das motos ao concessionário, o tempo de armazenagem pode chegar a 150 dias.

Até o fim do ano passado, a Shineray esperava inaugurar sua fábrica pernambucana no mês de janeiro. Entretanto, segundo Perez, fatores climáticos e o atraso na entrega do maquinário postergaram o prazo. “Estamos esperando que as máquinas cheguem na segunda quinzena de abril e que a fábrica esteja toda concluída, até o fim do mês, para a inauguração emmaio”, acrescentou.

A unidade é a primeira fábrica da chinesa Shineray fora de seu país de origem e conta ainda com pista de testes e laboratórios de emissão de ruídos e controle de produção e qualidade. Segundo Perez, a capacidade de produção prevista é de 250 mil motos por ano, com a fábrica operando em dois turnos. De Suape, sairão motos de 55 cilindradas (cc) e triciclos de 220 cc, cujos preços de mercado variam entre R$ 3 mil e R$ 11 mil. Os veículos vão atender às demandas de todo País.

Anúncios