Suape supera recorde de 11 milhões de toneladas

20131207-160927.jpg

O Porto de Suape, localizado no litoral Sul de Pernambuco, terá em 2013 o seu melhor ano em termos de movimentação de cargas. O ancoradouro atingiu na terceira semana de novembro a marca de 12 milhões de toneladas movimentadas, volume que supera as 11,25 milhões de toneladas registradas em 2011, até então o melhor ano para o Porto.

A expansão das operações foi impulsionada pela maior movimentação de granéis líquidos, sobretudo de combustíveis. Suape realizou, neste mês, a primeira operação de transbordo de diesel pela modalidade conhecida como “ship to ship” (navio a navio, no termo em inglês).

Com o Tecon Suape consolidado, Porto trabalha para licitar novo terminal de contêineres

De acordo com a direção de Suape, também ajudou no desempenho a queda no tempo médio de desembaraço de cargas, o que foi possível graças à implantação da jornada de 24 horas de funcionamento do porto, que é considerado o “motor” da economia de Pernambuco. Suape concentra hoje pouco mais de R$ 50 bilhões em investimentos, distribuídos entre 150 empresas de diversos setores e tamanhos.

Do montante total, a Petrobras responde por cerca de R$ 40 bilhões, sendo R$ 34 bilhões na refinaria Abreu e Lima e R$ 6 bilhões na Petroquímica Suape. Apesar da quantia significativa de recursos federais investidos em Suape, piorou nos últimos tempos a relação entre o governo de Pernambuco, responsável pela administração do porto, e a União. Suape aguarda, por exemplo, que o governo federal dê andamento às licitações do novo terminal de contêineres, fundamental para a estratégia de tornar o porto uma referência para cargas vindas da Ásia.

Originalmente prevista para este ano, a licitação não deve sair antes de março de 2014. Outro ponto de atrito está nas obras de dragagem do canal externo de Suape. Necessária para a operação dos grandes petroleiros que abastecerão Abreu e Lima, a dragagem está parada desde maio último por falta de pagamento à empresa holandesa Van Oord, responsável pelos trabalhos. Alegando irregularidades nas obras, a Secretaria Especial de Portos, ligada ao governo federal, suspendeu os repasses de recursos para a dragagem.

Informado pela Van Oord, o governo holandês ameaça denunciar o calote brasileiro aos organismos internacionais. O secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e presidente de Suape, Marcio Stefani, disse que a Embaixada da Holanda no Brasil voltou a tratar da questão recentemente, mas que nenhum acordo foi feito até o momento.

O planejamento de longo prazo do Porto de Suape prevê a movimentação de 90 milhões de toneladas em 2030. Atualmente em 400 mil unidades por ano, a movimentação de contêineres estimada é de pouco mais de 1,5 milhão de unidades.

Um comentário em “Suape supera recorde de 11 milhões de toneladas

Adicione o seu

  1. Tanta burocracia e desgoverno atrapalha o crescimento e desenvolvimento. Brasil e Pernambuco estao desaproveitando uns anos históricos. Con o crescimento em outras economías no mundo, pode que muitos investmentos que ian vir ao Brasil iram para outro canto. Inaceitável tanto despropósito.

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: