Pronatec Brasil Maior identifica 2.055 vagas em Pernambuco

No Estado, oportunidades estão nas aréas de TIC e construção, em Petrolina, Recife e Salgueiro

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) lançou, nesta quinta (19), em parceria com o Ministério da Educação (MEC), uma nova modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O Pronatec Brasil Maior quer suprir especificamente as demandas de mão de obra técnica da indústria regional através de cursos gratuitos. Em Pernambuco, foram identificadas 2.055 vagas, nas áreas de construção e Tecnologia da Informação (TIC), em Petrolina, Recife e Salgueiro.

A ideia é colocar à disposição 118 mil vagas até 2014 em todo o Brasil. Os detalhes das oportunidades e as inscrições podem ser acessadas no site oficial do Pronatec (www.pronatec.mec.gov.br).

Cada Unidade da Federação (UF) teve seus gargalos de pessoal identificados, a fim de “casar a oferta de vagas com o interesse da indústria local”, como definiu o ministro Fernando Pimentel. As vagas foram mapeadas pela Secretaria de Inovação (SI) do Mdic junto a empresas e associações setoriais. Os ofertantes dos cursos são o Sistema S e Institutos Federais e Estaduais de Ensino.

Nacionalmente, o setor têxtil foi o que teve a maior oferta de vagas identificadas (47.337). Depois veio construção civil (29.615), energias renováveis (18.583), complexo eletrônico (13.273), calçados (3.788) e celulose e papel (3.563).

Entre os Estados com mais vagas disponíveis para o Pronatec Brasil Maior estão São Paulo (38.025), seguido de Santa Catarina (12.286), Minas Gerais (10.952) e Rio de Janeiro (10.566).

O levantamento em Pernambuco foi realizado em parceria com a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (Sinicon) e Federação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada (Fenatracop).

O Pronatec Brasil Maior envolve tanto a formação quanto a requalificação de trabalhadores para ocupação de novas vagas. Os cursos mapeados pelo programa são aqueles de Formação Inicial e Continuada (FIC), cuja carga-horária mínima é de 160 horas.

O Pronatec foi lançado em 2011 pela presidenta Dilma Rousseff com o objetivo de ampliar a qualificação técnica no Brasil, um dos grandes gargalos nacionais na área de Recursos Humanos e que tem feito a indústria perder competitividade nos últimos anos. Desde então, segundo dados oficiais, 4,3 milhões de jovens e adultos passaram ou estão matriculados em algum curso do Pronatec.

Um comentário em “Pronatec Brasil Maior identifica 2.055 vagas em Pernambuco

Adicione o seu

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: