Dinamarqueses miram oportunidades de negócio no complexo eólico de Suape

20130907-124901.jpg

O Porto de Suape, em Pernambuco, vem atraindo a atenção de empreendedores da Dinamarca, país com tradição em energia eólica (geração de energia pelo vento). Executivos de cinco empresas visitam o complexo portuário pernambucano em missão, pesquisando oportunidades de negócios na área em que têm grande domínio.

Em Suape atuam duas fábricas que produzem equipamentos para a cadeia eólica, a Impsa e a Gestamp. Outros dois empreendimentos, LM Wind Power e Iraeta, estão em fase de instalação. As possibilidades de aumento das exportações são reais e estão em pauta.

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: