Acordo de comércio entre EUA e União Europeia pode apressar acerto do Mercosul com europeus

Moroz Comunicação

Para a CNI, as negociações no hemisfério norte podem levar as discussões com o bloco sul-americano, antes prioridade do velho continente, a um segundo plano

O anúncio recente das negociações para um acordo de livre comércio entre os Estados Unidos e a União Europeia deve obrigar os países integrantes do Mercosul a retomar as discussões sobre acordo semelhante com os europeus, debatido há dez anos, mas sem avanços. A avaliação é da gerente-executiva de Negociações Internacionais da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Soraya Rosar. Para ela, as discussões com o Mercosul, antes prioridade dos europeus, correm o risco de passar ao segundo plano, superadas pelo acerto com os EUA.

“A oportunidade de o Mercosul apressar as negociações para um acordo de livre comércio com a União Europeia ocorrerá dia 1º de março, em Montevidéu”, acredita. Nessa data, os governos de Brasil, Uruguai, Argentina e Venezuela se reúnem para discutir justamente…

Ver o post original 91 mais palavras

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s