Projeto está orçado em R$ 30 milhões. Estado também vai investir no Litoral Norte

A Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur-PE) vai investir cerca de R$ 30 milhões no Cabo de Santo Agostinho para tentar aliviar o trânsito. O projeto prevê a construção de uma rotatória e dois elevados na PE-60, próximos a uma madeireira, do lado direito de quem vai para Ipojuca, um pouco antes da lombada eletrônica. Haverá também a construção de uma passarela, em frente ao Parque Cívico, além da requalificação de dois viadutos de menor porte com o objetivo de alinhá-los para que os Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) possam passar por baixo deles. Há mais de um ano que três dos sete VLTs previstos para o Grande Recife estão em teste. A previsão era começar a operação de quatro deles no fim do mês passado.

A execução da obra será complexa, pois inclui mudanças da malha estrutural de 14 correspondentes, entre elas Celpe, Compesa (remanejamento de adutora), Copergás e Lanxess, além de desapropriações. Dos R$ 30 milhões previstos, cerca de R$ 27 milhões virão do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o restante (cerca de R$ 3 milhões), do Governo do Estado. Esta última parte diz respeito às demandas de desapropriações e intervenções, cujo prazo de conclusão é abril. A Setur-PE estima que a execução das obras dos viadutos, rotatória e passarela será feita em 12 meses, com ordem de serviço em maio.

PE-60 – Os investimentos anunciados serão importantes para desafogar o nó enfrentado por quem mora no Cabo e imediações e por quem precisa chegar a Suape e ao Litoral Sul. Cerca de 52 mil veículos passam diariamente pelo trecho da PE-60 que será modificado. Uma mudança muito mais significativa, no entanto, só será conseguida quando a duplicação da PE-60 for estendida da entrada de Suape até a praia de Serrambi, uma promessa antiga do governo do Estado. A Setur-PE disse que está tentando captar junto ao Ministério do Turismo a atualização do projeto executivo, para, daí, partir para captação de recursos.

LITORAL NORTE – Para este ano, a Secretaria de Turismo do Estado (Setur-PE) pretende ainda implantar uma vicinal da PE-35, da BR-101 à Praia do Pilar, em Itamaracá. Na prática, dará acesso às praias do Sossego, Pontal e Enseada dos Golfinhos. O projeto executivo está pronto e o edital de licitação tem previsão para ser lançado em março, com ordem de serviço em julho. A execução das obras, segundo a pasta, será feita em oito meses. O investimento será de R$ 18 milhões, através do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

A PE-35 também será requalificada nos trechos de Igarassu, Itapissuma e Itamaracá, de acordo com o planejamento anual da Secretaria. O investimento de quase R$ 17 milhões virá do Ministério do Turismo com contrapartida do Estado. O projeto executivo deve ficar pronto em março, para que o edital de licitação seja lançado em abril. A previsão da ordem de serviço é agosto, com conclusão das obras em 12 meses.

Para o secretário de Turismo, Alberto Feitosa, e o gerente do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) no Estado, Salo Bortman, as novidades vão dar fôlego novamente ao Litoral Norte do Estado, há muitos anos escanteado e carente de investimentos em infraestrutura e manutenção. Também colocarão em evidência, como defende o gestor, a interiorização do Prodetur.

No Agreste, Bezerros ganhará a pavimentação do acesso a Serra Negra. Será um investimento de R$ 7,58 milhões, com elaboração do projeto executivo e estudo de viabilidade a cargo do Estado (R$ 580 mil) e execução das obras financiadas pelo BID (R$ 7 milhões). A BR-232 será sinalizada. A intenção é colocar sinalizações turísticas do Recife a Petrolina. Nesse caso, o projeto executivo ainda está em processo de revisão. A previsão é que sejam investidos R$ 4,65 milhões, com uma estruturação semelhante a de Bezerros. Serão R$ 141,74 mil do Estado para o projeto executivo e R$ 4,51 milhões do BID para a execução das obras.

Este ano, o aporte do BID praticamente dobrará para o turismo em Pernambuco. A previsão total é de R$ 80 milhões em recursos. Confira mais investimentos na arte acima.

JC ONLINE

Anúncios