Lei Geral de microempresa pode sofrer mudanças

Entidades querem alteração após aprovação de ministério

RAQUEL FREITAS

Sérgio Bernardo/Arquivo Folha

TARCÍSIO acredita que comitês ficaram sem sentido

O Projeto de Lei Complementar (237/2012), que tramita no Congresso Nacional desde dezembro do ano passado, propõe mudanças na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (nº 123 de 2006). Algumas propostas, como a criação dos comitês gestores vinculados ao Ministério, devem ser revistas, uma vez que segue para votação no Senado a proposta de criação de uma Secretaria especial das Micro e Pequenas Empresas. Aprovado, esse será o 39º ministério a fazer parte da Esplanada.

De acordo com o presidente da Confederação Nacional das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Comicro), José Tarcísio da Silva, a ideia do projeto se baseia, além de outras coisas, na criação de comitês para estreitar a relação com o Governo. “Depois que a Câmara aprovou a criação do Ministério, ficou meio sem sentido a efetivação desses grupos”, disse. No entanto, outras questões discriminadas na complementação da Lei precisam, segundo o presidente, de avaliação. Dentre elas, a emissão do alvará provisório em área sem certidão do Habite-se, a obrigatoriedade para tratamento diferenciado nas contratações públicas e o aumento do teto das licitações para R$ 120 mil.

“Os municípios emitem o alvará quando o local está regular. Mas a maioria desses comércios concentra-se na periferia e muitos estão irregulares, no entanto, continuam pagando o CIM (Cartão de Inscrição Mu­nicipal). Então, é necessário que haja uma regulamentação nesse processo”, complementou o presidente. Para o senador Armando Monteiro Neto (PTB), a criação dos comitês não fere a implementação da pasta. “Ao que tudo indica, a criação do Ministério irá possibilitar uma articulação direta com o Governo. Agora, é um ministério que vejo como transitório porque vai haver um momento em que as questões (de interesse das micro e pequenas empresas) já estarão incorporadas nas ações de todos os ministérios”, afirmou o senador. De acordo com Armando Monteiro Neto, a implementação da Secretaria será prioridade na pauta do Congresso.

Uma das questões levantadas pelo representante da Comicro são as alíquotas do Super Simples para as microempresas e empresas de pequeno por­te. “É preciso avaliar as alíquotas que es­tão sendo cobradas, a diferença do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nas fronteiras e a revisão na substituição tributária”, relatou José Tarcísio da Silva.

SIMPLES
As solicitações de opção pelo Simples Nacional e de enquadramento como Microempreendedor Individual (MEI) terminam amanhã. Números divulgados ontem pela Receita Federal mostram que desde o início de janeiro 158.417 empresas pediram opção pelo Simples Nacional. Mais 16.590 pessoas querem o enquadramento como microempreendedores individuais, informou a Receita. A expectativa é que o total de pedidos de opção pelo Simples Nacional chegue a 180 mil e que mais 20 mil se enquadrem como MEI.

O Simples Nacional é um regime tributário diferenciado, simplificado e favorecido aplicável às micro e pequenas empresas. O microempreendedor individual é aquele que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. A pessoa não pode ter participação em outra empresa como sócio ou titular, mas pode ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

FOLHA-PE

Um comentário em “Lei Geral de microempresa pode sofrer mudanças

Adicione o seu

  1. Ainda se tem muito a fazer pelas MPEs, principalmente com relação a trubutos que são muito altos, as multas, as taxas, etc. Nos estamos sendo achatados cada vez mais e não vejo voz no congresso que na realidade represente os anseios da classe dos micro empresários. Precisamos, sim, urgente de uma reforma tributária e uma diminuição rápida destes impostos que nos sufocam cada vez mais.

Deixe uma resposta para Otavio Carvalho Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: