Grande Recife vai ganhar pacote para destravar o trânsito

20130112-113837.jpg

Ações serão executadas na próxima semana. Quinta, começa dragagem do Capibaribe. Sexta, Jaboatão ganha novo terminal

Pedro Paz

A partir da próxima semana, começam a ser executadas obras que visam melhorar a infraestrutura da mobilidade urbana no Grande Recife, de olho, principalmente, na preparação da cidade e Região Metropolitana para os jogos da Copa do Mundo de 2014. O calendário das ações foi divulgado na tarde desta sexta (11), no Centro de Convenções de Pernambuco. Na quarta-feira, será lançado edital de licitação para contratação das empresas que vão operar as linhas de ônibus que circularão na Região Metropolitana, nos próximos 15 anos. Na quinta, terá início a dragagem do Rio Capibaribe. Orçado em R$ 289 milhões, o projeto Rios da Gente vai proporcionar a navegabilidade de 13,9 km do curso de águas naturais. Já na sexta, será inaugurado o Terminal de Integração de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

A primeira etapa do Ramal da Copa será finalizada no mês de abril. Em dezembro, serão rematados os corredores exclusivos de ônibus Norte-Sul e Leste-Oeste. Até o fim do ano, a promessa é que os 100 km de corredores exclusivos de ônibus do Grande Recife estejam concluídos. O investimento ultrapassa R$ 420 milhões.

A navegabilidade do Capibaribe se dará por meio de duas rotas. A Rota Oeste, com 11 km de extensão, vai da BR-101 ao Centro do Recife. Enquanto isso, a Rota Norte, com 2,9 km de extensão, tem origem no Centro do Recife e segue até o município de Olinda, nas proximidades do Shopping Tacaruna.

A dragagem do rio tem a finalidade de remover restrições existentes à navegação, como vegetação, lixo e escombros de antigas construções. Serão dragados 17 km, das proximidades da BR-101, passando pelos bairros do Parque Santana (Casa Forte/Poço da Panela), Torre, Derby, área central do Recife e Tacaruna, no limite entre Recife e Olinda, bairros onde serão construídas as estações para embarque e desembarque de passageiros.

Serão sete estações, sendo cinco na rota Oeste e duas na rota Norte. O plano é que todas sejam climatizadas, com lojas comerciais, área de circulação e espera, guichês para emissão de bilhetes, banheiros com acessibilidade, estacionamento e bicicletário.

O projeto terá 13 embarcações para transportar 330 mil passageiros por mês. Cada barco terá capacidade para 86 usuários sentados e velocidade de 18 km/h, aproximadamente. A garantia é que tudo esteja pronto em março de 2014 e comece a operar em junho do mesmo ano.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) se reúne com a Agência de Meio Ambiente (CPRH) na próxima segunda para discutir o impacto ambienteal da dragagem do Capibaribe. Caso a obra não cumpra as exigências, a promotora de Urbanismo, Belize Câmara, promete entrar com ação judicial para suspender os serviços.

JC ONLINE

Anúncios

Um comentário em “Grande Recife vai ganhar pacote para destravar o trânsito”

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s