Há algum tempo, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) vem investindo nos potenciais da energia renovável. Recentemente, foi assinado um termo de cooperação técnica para implantação de uma Central Fo­tovoltaica (FV) em Petrolina, no Sertão do Estado. On­tem, a estatal apresentou ao mercado pernambucano a empresa americana Spire Corporation – fornecedora mundial de tecnologia em energia solar FV -, que busca fomentar negócios do setor no Estado.

“A energia solar é confiável e madura. Em países como China e Estados Unidos, por exemplo, há empresas que a utilizam e estão em operação há mais de 20 anos. O Brasil é uma região privilegiada, pois tem muito sol”, comentou o vice-presidente da Spire Corporation, Peter di Sessa. Segundo suas estimativas, a geração elétrica pelos raios solares poderá ter um investimento entre US$ 800 bilhões e US$ 1,2 trilhão na próxima década.

A proposta do executivo é investir a tecnologia em apenas um projeto do setor. “Nossa meta é encontrar um parceiro o quanto antes. Apenas um, para que o trabalho possa ser bem aplicado”, afirma. As especialidades da Spire Corporation são Cristalina FV, Módulos e Células solares e Filme Fino FV. “Este último é um material confiável, que suporta operação em elevados graus de temperatura”, explica Peter di Sessa. Em pesquisa e desenvolvimento, a empresa deve investir US$ 100 milhões nos próximos anos.

Para a Chesf, a Spire Corporation deve ser uma nova parceira para a implantação dos projetos em energia solar. “Temos interesse em seus serviços. Sem contar que uma empresa desse porte instalada no País representa uma redução significativa nos custos de geração. Sem dúvida, iremos começar a conversar”, comentou o gerente do Departamento de Tecnologia e Desenvolvimento de Alternativas de Geração, Pedro Bezerra.

JULIANA SAMPAIO – FOLHA PE

Anúncios