Miojo made in Glória do Goitá

Fábrica teve um investimento de R$ 46 milhões e emprega 202 trabalhadores

Tatiana Nascimento

Abertura da filial japonesa em terras pernambucanas teve desde o tradicional corte da fita inaugural à cerimônia da quebra do espelho para dar sorte ao empreendimento

Um dos “pratos” favoritos dos universitários, dos solteiros e daqueles sem grandes dotes culinários começa a ser produzido em Pernambuco. O legítimo miojo agora é made in Glória do Goitá. Depois de uma construção em ritmo japonês – entre a pedra fundamental e a conclusão foram pouco mais de dez meses – a fábrica da Nissin-Ajinomoto foi inaugurada ontem no município de 30 mil habitantes. Recebeu investimentos de R$ 46 milhões e, nesta primeira fase, emprega 202 trabalhadores, a maioria recrutada na própria cidade da Mata Norte.

Iraê Paz, 30, Ana Cláudia Nascimento, 20, e Joelton Júlio, 24, são três desses 202 trabalhadores. Eles têm idades e histórias de vida diferentes, mas um mesmo cargo. São líderes de linha de produção. Ficam responsáveis por quem está perto das máquinas vigiando, arrumando ou empacotando o macarrão instantâneo. Depois que foram selecionados, passaram por um treinamento de quatro meses na fábrica da Nissin-Ajinomoto de Ibiúna (SP), até ontem a primeira e única unidade da joint venture entre as empresas de macarrão e de tempero.

Ana Cláudia contou que ninguém esperava que uma empresa desse porte foi um dia ser construída na cidade. Iraê, que é casado e tinha um escritório de comunicação visual, viu na fábrica uma oportunidade de crescer. Joelton também é casado e já tem dois filhos. O contrato temporário como educador em um programa do governo federal estava prestes a acabar. Foi quando surgiu a vaga.

Do lado dos japoneses, a superação foi de prazos. Como destacou o governador em exercício, João Lyra Neto, a inauguração aconteceu de forma expressa. Mas o diretor presidente da Nissin-Ajinomoto, Mitsuaki Morihiro, lembrou que a ideia de implantar uma fábrica no Nordeste vinha desde 2005. Comprovando um traço da cultura nipônica: as conversas e negociações duram muito mais. “Estamos iniciando um projeto que vai estar por aqui por 30, 40, 50 anos”, afirmou Koki Ando, filho do inventor do miojo, Momofuku Ando, e atual CEO da Nissin Foods Holdings.

Ando destacou o aumento do consumo de macarrão instantâneo no Brasil. E garantiu que o Nordeste “é a locomotiva que impulsiona esse crescimento.” Desde o ano passado, a região ultrapassou São Paulo e se tornou o principal mercado para a Nissin no país. Por isso, toda a produção da fábrica será destinada aos consumidores do Nordeste (e do Norte).

Joelton, Ana Cláudia e Iraê estão entre os trabalhadores da linha de produção

Se o consumo continuar em alta, a tendência é que as linhas de produção sejam ampliadas, podendo chegar a seis. “O número de trabalhadores pode chegar a 1,1 mil”, comemorou o prefeito Djalma Paes (PSB). Mitsuaki Morihiro não confirmou o número, mas disse que a fábrica tem potencial de ficar do mesmo tamanho da de unidade de Ibiúna, que tem 1,1 mil empregados. “Vamos nos esforçar para oferecer produtos de qualidade e que as pessoas trabalhem em segurança”, garantiu Etsuhiro Takato, diretor geral para a América Latina da Ajinomoto.

Em tempo: para conseguir espiar a linha de produção através de vidros e janelas é preciso deixar para trás bolsas e quaisquer adornos, colocar jaqueta, touca, sapatilha, lavar as mãos com sabão, passar álcool gel e entrar numa espécie de câmara de ar purificadora. Foto? Nem pensar. Os sete minutos entre a liberação da massa e a embalagem são acompanhados com o olhar. Não é Coca-Cola, mas tem todo um segredo.

DIARIO DE PE

Um comentário em “Miojo made in Glória do Goitá

Adicione o seu

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: