Senai terá centro de inovação em TI

Sistema da indústria prevê novas escolas técnicas de ensino em 2013 pelo Estado. A principal delas será no Porto Digital, onde estão previstos R$ 49 milhões

Giovanni Sandes

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) vai investir forte na nova economia de Pernambuco em 2013. Em seu planejamento para o ano que vem, apresentado ontem em Caruaru, a entidade detalhou os projetos de novas escolas técnicas de ensino, em cursos voltados para setores como o polo automotivo da Fiat, além de projetos focados na prestação de serviços diretamente para as empresas. A principal novidade é a definição do Instituto Senai de Inovação, um investimento de R$ 49 milhões no Porto Digital, no Recife, para atuar em tecnologia da informação e comunicação (TIC), única unidade da rede a trabalhar com o setor no País inteiro.

Duas instituições respeitadas mundialmente, a alemã Fraunhofer e o Massachusetts Institute of Technology (MIT), americano, foram contratadas pelo Senai Nacional para definir a vocação de 23 unidades que vão prestar serviços à indústria e não treinamento de alunos. O trabalho foi desenvolvido dentro do programa Ações do Senai para a Competitividade Brasileira, com objetivo de criar centros de excelência em inovação em áreas específicas.

O resultado foi a decisão de instalar no Recife um centro de inovação totalmente vinculado ao Porto Digital. "Vamos promover o tão defendido encontro entre a academia e o mercado. Já contamos com um banco de talentos de 38 doutores e cerca de 60 doutorandos, um fantástico quadro de recursos humanos", comenta o diretor regional do Senai em Pernambuco, Sérgio Gaudêncio.

O investimento está dentro de um pacote de R$ 1,5 bilhão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o Senai. Gaudêncio conta que ainda não há definição sobre a localização do centro – a Prefeitura do Recife estendeu para Santo Amaro os mesmos benefícios fiscais concedidos para o endereço tradicional do Porto Digital: o Bairro do Recife. O governo do Estado ajudará na escolha. O cientista-chefe do Porto Digital, Sílvio Meira, também trabalha no apoio à iniciativa.

No próximo dia 4, um workshop será realizado com 22 executivos de indústrias para avaliar as demandas de mercado e definir o plano de negócios do novo centro de informação.

OUTROS SERVIÇOS

Ainda no atendimento direto ao mercado, o Senai investirá R$ 30 milhões em três Centros Tecnológicos, um na área de alimentos, outro com a área química e de meio ambiente e o terceiro em metalmecânica. Segundo o diretor regional, a localização das unidades deve ser, respectivamente, em Petrolina, em Paulista e no Recife.

JORNAL DO COMMERCIO

Anúncios

Um comentário em “Senai terá centro de inovação em TI”

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s