FELIPE GUTIERREZ
FOLHA DE SÃO PAULO

O Sebrae (Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa) prevê que, até 2014, o número de microempreendedores individuais irá ultrapassar o de micro e pequenas empresas. A estimativa é que em 2022 chegue-se a 7,8 milhões.

Os primeiros a adotarem essa figura jurídica eram empresários que vivam na informalidade. Com o passar do tempo, eles vão mudar de perfil.

Saiba mais características desse empresário no gráfico abaixo.

Anúncios