Flora investe R$ 150 milhões

Imagem inline 1

INDÚSTRIA Empresa faz parte do grupo JBS e é dona de marcas como Minuano, Neutrox e Francis. A fábrica será instalada em Jaboatão

Pernambuco vai ganhar mais duas indústrias dos setores de cosméticos, higiene e limpeza, com investimento total de R$ 162,2 milhões. A goiana Flora e a paranaense Chlorophylla escolheram o Estado como plataforma de produção no Nordeste. Os anúncios foram feitos ontem, durante a 78ª reunião do Condic (leia matéria o lado). A Flora vai aportar R$ 150 milhões em uma unidade em Jaboatão dos Guararapes e a Chlorophylla outros R$ 12,2 milhões em uma planta no município de Gravatá.

O presidente da Flora, Eduardo Luz, diz que chegou a estudar a implantação da fábrica nos Estados da Paraíba, Ceará e Bahia, mas se decidiu por Pernambuco. Empresa do grupo goiano JBS, a Flora é dona de marcas conhecidas do consumidor nordestino, como Minuano, Lavarte, Neutrox, Assim, Francis, Kolene e outras. A unidade pernambucana vai fabricar tanto os produtos de higiene quanto os de limpeza do portfólio da companhia e gerar 600 empregos nas áreas de vendas, distribuição e produção.

A expectativa é que a indústria nordestina responda por um terço do faturamento da Flora quando estiver operando. “Hoje, a região representa entre 20% e 25% das vendas da companhia, mas a estimativa é alcançar até 40%”, afirma Luz. O executivo destaca que em 2011 a Flora dobrou de tamanho, passando de um faturamento de R$ 500 milhões para R$ 1 bilhão e que a meta é repetir o feito nos próximos 3 anos. O grupo conta com uma fábrica própria em Goiás e outra em Santa Catarina. “Nossa presença no Nordeste vai permitir não só reduzir custos logísticos, mas nos aproximar do consumidor”, completa.

Com 178 franquias no Norte e Nordeste, a Chlorophylla quer contar com uma fábrica local para atender a esses mercados. Hoje, a planta do grupo está localizada no Paraná. O consultor Raul Costa conta que a unidade de Gravatá terá capacidade para produzir 972 mil itens no primeiro ano, chegando a 1,9 milhão no terceiro ano. A unidade vai fabricar sabonete líquido, perfumes, xampus, cremes, gloss labial e desodorantes. A previsão é começar a operar em janeiro de 2013 e faturar R$ 12 milhões no primeiro ano.

JORNALDOCOMMERCIO

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s