A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana fechou a 13ª edição superando expectativas. Foram gerados quase R$ 13 milhões em negócios durante os três dias de evento, em Caruaru. O resultado é 23% maior do que o esperado pela organização da Rodada, que previa chegar a um montante de R$ 10,3 milhões. Além disso, o número alcançado em 2012 é 39,3% maior do que o obtido em 2011.

Encerrada no último dia 16, a Rodada de Negócios foi patrocinada pelo Sebrae em Pernambuco e pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru. Contou com produtos do Polo de Confecções do Agreste, o segundo maior do país.

Cerca de 120 empresas expositoras de Caruaru e de mais 12 cidades da região participaram da Rodada e apresentaram criações em moda feminina, infantil, íntima, jeans, masculina, praia, fitness, surf e streetwear. “Esse evento é de grande importância para o desenvolvimento do estado e para disseminar nossa produção têxtil por todo o país. São empresas formalizadas e que têm seus negócios ampliados a cada ano”, afirma o superintendente do Sebrae em Pernambuco, Roberto Castelo Branco.

Aproximadamente 500 empresários de 26 estados e do Distrito Federal conheceram e comercializaram produtos com qualidade e design diferenciado. “A Rodada visa fortalecer o estado no mapa da moda brasileira, como centro produtor de qualidade, design e tecnologia. Através de cursos, palestras e workshops, como os liderados pelo Sebrae em Pernambuco, as empresas se tornam cada vez mais competitivas”, acrescenta Débora Florêncio, gerente regional do Sebrae em Caruaru.

Pernambuco conta com mais de 20 mil indústrias ligadas ao setor de vestuário e é o segundo maior polo do Brasil.

Da Agência Sebrae

Anúncios