Após seis meses, rodovia PE-45 segue abandonada

Os motoristas que trafegam pela rodovia PE-45 continuam enfrentando buracos, falta de sinalização e um acostamento quase inexistente ao longo de toda a pista. Há seis meses, a equipe de reportagem da Globo Nordeste mostrou de perto estes problemas. A promessa do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), na época, era de recuperar a rodovia. Entretanto, o cenário de abandono permanece nos 35 quilômetros de estrada que ligam os municípios de Escada e Vitória de Santo Antão.

Logo no início da pista, ainda no município de Escada, os carros precisam diminuir a velocidade para poder passar por um trecho da estrada.

Os motoristas também enfrentam longos trechos sem sinalização e acostamento. Em alguns trechos, a cana de açúcar invadiu a área que deveria ser o acostamento. As placas de concreto estão esburacadas em muitos pontos, um risco ainda maior por se tratar de uma rodovia que recebe um grande número de caminhões.

Trecho em Vitória de Sto Antão totalmente sem acostamento e com piso desnivelado e esburacado

“Cada que vez que a gente passa, é acidente, carro quebrando”, diz um motorista que utiliza a rodovia. “É muito buraco, muito buraco mesmo”, afirma outro condutor.

A Globo Nordeste mostrou os problemas da PE-45 em julho do ano passado. Na ocasião, O DER informou que a estrada estava incluída no programa de recuperação de rodovias do Estado. O projeto para as obras deveria ficar pronto ainda no fim daquele mês. Mais de cinco meses depois, a situação no local não mudou nada.

O novo secretário de Transportes do Estado, Isaltino Nascimento, disse que providências estão sendo tomadas para solucionar o problema.

“Vai ser feito o restauro dos 35 quilômetros e vamos investir 25 milhões de reais nessa obra. Dia 2 de fevereiro, inicia-se a abertura dos envelopes e terá uma empresa vencedora que terá 365 dias para deixar a obra pronta. Então, no início de 2012, essa obra vai estar completamente feita e restaurada. Vai ser uma nova rodovia, e também vai ter a sinalização para garantir a acessibilidade da população que vem nesse destino da PE-45”, explica Isaltino Nascimento. (PE 360 Graus)

Sem fiscalização

Agravando ainda mais as condições de segurança da PE 45 que resultam de seu péssimo traçado e da total falta de conservação, a rodovia é rota de transporte clandestino em condições de grande risco, feito em veículos não adequados e com superlotação como se pode ver na foto.

Além disso, trafegam a qualquer hora do dia, sem nenhum controle de carga/peso e sem nenhum critério de segurança os veículos que transportam cana-de-açúcar.

São comuns os acidentes graves na estrada, não raro com mortes.

 

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: