Fred Amâncio vai para Suape

Frederico da Costa Amancio nasceu em 17 de julho 1969, na cidade Paulo Afonso, na Bahia. Formou-se em Administração de Empresas em 1991, pela Universidade de Pernambuco, e em Direito, na UFPE, em 2000. Em 1995, foi aprovado em concurso para auditor fiscal do Tesouro Estadual. Em 15 anos de atuação na Sefaz, exerceu diversas funções e cargos. Tem pós-graduação em Economia Aplicada à Gestão Fiscal, pela FGV de São Paulo, e MBA em Gestão de Negócios em Petróleo e Gás, pela FGV do Rio de Janeiro. Em 2008, a convite do vice-governador e então secretário de Saúde, João Lyra Neto, Amancio integrou a equipe responsável pela aplicação de um novo modelo de gestão na saúde pública do Estado. Em dezembro daquele ano, assumiu o cargo de secretário-executivo de Coordenação-Geral. Em 31 de março de 2010, assumiu o comando da Secretaria Estadual de Saúde.

Auditor fiscal do Estado com MBA em petróleo e gás, o secretário de Saúde de Pernambuco, Frederico Amâncio, está indo para o comando da empresa Complexo Industrial Portuário de Suape S.A., segundo cargo mais importante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que será dirigida pelo auditor do TCE Geraldo Júlio. O secretário, inclusive, precisou disputar Amâncio com dois outros secretários interessados nos serviços do fazendário que, ao lado do vice-governador João Lira Neto, refundou a Secretaria de Saúde a partir da implantação de um novo modelo de gestão.

Amâncio está animado com o desafio, uma vez que Suape transformou-se numa das maiores empresas de gestão de infraestrutura do Nordeste e que a cada novo megaprojeto que o Estado conquista precisa responder com soluções de gestão. Mas, como ele admite, faz tempo que tem ligações com o complexo, mesmo quando trabalhava na sede da Secretaria da Fazenda. No governo Jarbas Vasconcelos, foi Amâncio quem ajudou a escrever o projeto de concessão de incentivos fiscais ao Estaleiro Atlântico Sul, a PetroquímicaSuape e a Refinaria Abreu e Lima e, nos últimos meses, mesmo no comando da Saúde, participou do projeto da Fiat Automóveis, por força de sua ligação com o secretário Geraldo Júlio que cuidou da tramitação.

Enquanto finaliza a transição na Saúde para o secretário Antônio Figueira, Amâncio disse ontem que apesar de já ter falado com Sidnei Ayres (que hoje dirige a empresa), não conversou sobre as demandas. Mas listou entre outro temas, a questão das contrapartidas aos projetos, a implantação do novo Plano Diretor e demandas ambientais. Além da própria infraestrutura para os grandes projetos do polo naval que, como reconhece, exigirá muito da futura equipe.

Sidnei Ayres

O vice-presidente de Suape Sidnei Ayres vai continuar na Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Será secretário executivo da pasta para cuidar de quatro projetos específicos: Transposição, Transnordestina, Pontal e Canal do Sertão. (Com informações da coluna JC Negócios)

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: