O grupo dinamarquês A.P. Moeller-Maersk informou nesta quinta-feira que pagará 2,4 bilhões de dólares pela parte brasileira da empresa sul-coreana SK Energy.

A companhia explicou que o negócio lhe dará acesso às promissoras reservas de petróleo brasileiras, vistas como algumas das maiores e mais importantes do mundo nos próximos anos.

O acordo inclui as reservas de Polvo, Wahoo e Itaipu, das quais a Maersk possuirá 40%, 20% e 27%, respectivamente.

Para a Maersk, a compra reforça a posição do país como “uma das regiões mais atraentes para a exploração e produção de petróleo”.

A reserva de Polvo já está ativa, enquanto as de Wahoo e Itaipu devem começar a produzir em 2016 e 2018.

Da AFP Paris

Anúncios