Dinheiro para micros

Sebrae vai oferecer R$ 787,5 milhões para investimento em inovação, além de tecnologia

Augusto Freitas // Diário de PE

Os micro e pequenos empresários interessados em expandir seus negócios através de processos de inovação terão um novo gás a partir de janeiro de 2011. O programa Sebraetec, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), vai oferecer R$ 787,5 milhões em aportes financeiros para as micro e pequenas empresas (MPEs) investirem em inovação e tecnologia. Em 2010, a instituição ofereceu R$ 28 milhões para inovação.

A ideia é que até 2013 o Sebraetec beneficie 48 mil MPEs espalhadas no Brasil. Podem participar do programa as MPEs enquadradas na Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas com faturamento até R$ 2,4 milhões anuais. O Sebrae vai arcar com R$ 409 milhões e o restante dos recursos virá de órgãos como a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e universidades.

Em Pernambuco, inclusive, já tem empresário de olho nas vantagens do Sebraetec. É o caso de Cristina Santos, proprietária da panificadoraPão Massa. Há oito anos ela participa de capacitações no Sebrae-PE e havia planejado abrir uma filial neste ano. Seguindo um planejamento detalhado, foi possível inaugurar a segunda loja ainda em 2009. Foram 20 novos empregados contratados e planos ousados para o futuro.

´Seguindo as orientações do Sebrae, promovi um intercâmbio entre dez dos novos contratados com funcionários da primeira loja para conhecerem o funcionamento do negócio, do contrário iria treiná-los por pelo menos dois meses. Inovar não é apenas contratar ou investir em logística e estrutura`, conta. Os resultados logo apareceram e o faturamento das duas casas cresceu 50%. ´Com o novo Sebraetec, pretendo fortalecer a marca no mercado e construir uma central de produção`, ressalta, confiante.

Sebraetec deve beneficiar 43 mil micros no país até 2013

Programa

Na nova etapa do programa, os empresários terão cinco frentes de apoio disponíveis, entre serviços tecnológicos básicos ou avançados (Sebraetec Inovação), inovações básicas ou radicais (Sebraetec Inova) e indicação geográfica de produtos. O objetivo, segundo o Sebrae, é aumentar a competividade das MPEs através da inovação e tecnologia, além de incentivar a redução de desperdícios e a segurança dos empregados.

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s