O Bradesco venceu o leilão pela folha de pagamentos do funcionalismo público de Pernambuco, informou o banco nesta sexta-feira.

A instituição ofereceu pagar R$ 700 milhões para ter o direito de gerenciar as contas de cerca de 218 mil servidores, pelo prazo de cinco anos.

“Isso vai ajudar nos nossos esforços de nos expandirmos no Nordeste, que é uma das regiões onde o consumo cresce com mais força no Brasil”, disse à Reuters o diretor-executivo do Bradesco Ademir Cossielo.

Na disputa pela folha, cujo preço mínimo era de R$ 610 milhões, o Bradesco venceu o Santander Brasil, que concorria para manter a folha. Segundo Cossielo, o pagamento do próximo salário já será feito pelo Bradesco.

PRÉ-SAL

De acordo com Cossielo, o Bradesco realizou na quinta-feira a primeira operação de antecipação de recebíveis relacionada à indústria do pré-sal. O pagamento foi feito para a Combustol, fornecedora de equipamentos para a Petrobras. (DA REUTERS)

Anúncios