A 11ª edição da Fenearte começa nesta sexta-feira, com expectativa de receber 270 mil visitantes e gerar R$ 27 milhões

Augusto Freitas

Com o setor de artesanato ganhando cada vez mais espaço na economia, nada como ampliar números e comprovar de perto a importância da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte).


Cerca de 4,5 mil expositores de 25 estados brasileiros e 28 países estão cadastrados para participar da feira. Foto: Helder Tavares/DP/D.A Press – 10/7/09

A 11ª edição do evento, que começa nesta sexta-feira no Centro de Convenções, em Olinda, será mais uma oportunidade para o público conferir as novidades do segmento. Este ano, a Fenearte deve movimentar cerca de R$ 27 milhões em negócios, segundo previsões da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD-Diper).

Serão cerca de 4,5 mil expositores de 25 estados brasileiros e 28 países cadastrados e uma infinidade de produtos das mais variadas vertentes. A agência estima que 270 mil pessoas visitem os estandes de exposição durante os dez dias do evento. A estrutura também foi modificada e novos espaços foram criados nos 29 mil metros quadrados de área destinados à feira. O governo do estado investiu cerca de R$ 3 milhões nesta edição. Quem já atua no setor e quer incrementar a atividade vai poder conhecer as melhores estratégias para fazer o negócio decolar.

Se você tem no artesanato a fonte de renda mas ainda não é formalizado, pode relaxar. Se depender do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Pernambuco (Sebrae-PE), você sairá do local de exposições devidamente formalizado. O órgão vai oferecer uma estrutura diferenciada para os visitantes. Além de expor produtos de 20 grupos produtivos do estado fabricados em cerâmica, fibra de bananeira, bordado, crochê, cana-brava, madeira, tapeçaria, couro e têxtil, entre outros, o Sebrae-PE marca presença no evento com a realização da Rodada de Negócios (dias 5 e 7).

Segundo a direção da entidade, a expectativa é atingir R$ 3,7 milhões em negócios durante os 400 encontros com os cerca de 30 lojistas brasileiros que devem comparecer à Fenearte. Até o momento, 25 deles já confirmaram presença. Outra novidade do evento será o espaço dedicado ao Empreendedor Individual, que terá a participação da Secretaria Estadual daFazenda. Visitantes e artesãos que estarão expondo na feira poderão tirar dúvidas sobre a nova figura jurídica e conhecer os benefícios da formalização. O Sebrae vai oferecer ainda programação de palestras sobre a categoria e atendimento para cadastro no Portal do Empreendedor.

De acordo com Roberta Correira, diretora técnica do Sebrae-PE, entre as finalidades do órgão durante o evento está a orientação de micro e pequenos empresários, além dos que se encontram na informalidade. “O artesão é um dos profissionais que podem ter registro no modelo do Empreendedor Individual e se beneficiar com as vantagens, como a possibilidade de emissão de notas fiscais e a proteção previdenciária. Faremos um trabalho de intervenção, atraindo quem ainda não está formalizado e gerando novos negócios”, destacou.

ServiçoQuando: 2 a 11 de julho
Onde: Centro de Convenções
Horários: dias 2, 3, 5 a 8 (das 14h às 22h); 4, 9, 10 e 11 (das 10h às 22h)
Entrada: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia), de segunda a sexta R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia), nos dias de horário ampliado
Serviço de vans gratuitas: Do Shopping Tacaruna até o Centro de Convenções, das 14h às 22h

Diário de Pernambuco

Anúncios