Por Camila Garcia – Portal NetMarinha

Estatísticas compiladas pelo Instituto Datamar mostram que o Porto de Houston lidou com um total de 91.294 unidades equivalentes a vinte pés com o Brasil. Este dado representa um aumento mercado de containers entre EUA e Brasil de 15,4% em 2006, para 19,5$ em 2009.

Foto: Divulgação

A mudança é significativa, principalmente porque o Brasil é maior país da América do Sul e uma potência econômica para toda a região.

A posição do Porto de Houston como líder em exportações é sólida. Em 2009, Houston teve uma porcentagem de mercado de 26,8% em termos exportações de TEU’s com o Brasil. Um escritório especializado do Porto de Houston foi instalado no Brasil em 2006, já que o país estava se tornando cada vez mais um mercado ascendente para o PAH.  Antes, as comercializações que visavam o Brasil eram feitas com caráter regional.

“Como temos uma presença fixa, conseguimos fazer uma grande diferença” disse Rick Kunts, vice-presidente, Origination. Grande parte deste aumento é devido aos bens adicionais dos EUA, como resinas sintéticas sendo exportadas por Houston.  Oficiais de PAH anteciparam um crescimento adicional com a expansão dos setores de petróleo, gás e construção civil no Brasil.

Anúncios