A informação foi dada nesta quinta(18) pelo presidente do BNDES, Luciano Coutinho

Ferrovia ligará centros produtivos do semiárido nordestino aos portos de Suape (PE) e Pecém (CE). Foto: SXC

A ferrovia Transnordestina – que ligará centros produtivos do semiárido nordestino aos portos de Suape (PE) e Pecém (CE) – deverá ter até 70% da obra concluída neste ano. A conclusão está prevista para 2011.

A informação foi dada hoje (18) pelo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, que acredita que a construção da ferrovia entrará num ritmo mais veloz este ano.

A obra terá extensão de 1.730 quilômetros e ligará os estados do Ceará, Pernambuco e Piauí. Seu custo está estimado em R$ 5,4 bilhões. O BNDES acompanha a obra, participando de um comitê criado pelos investidores para fiscalizá-la.

“Já há toda uma contratação de construtoras, todo o equacionamento de fontes de recursos. E o que se espera é ver deslanchar várias frentes de construção, de maneira a acelerar o projeto ao longo de 2010”, disse Coutinho.

A expectativa é que a obra resulte na criação de até 7 mil empregos diretos. (Tendências e Mercado)

Anúncios