Dados divulgados pelo Ministério do Trabalho reforçam o papel anticíclico do segmento

Brasília – Microempresas, aquelas que empregam até 19 trabalhadores, foram responsáveis por 56,39% dos 242.126 empregos criados no último mês de agosto. Mas o destaque, segundo análise feita pelo Sebrae Nacional, é para os empreendimentos que empregam até quatro pessoas, que responderam por 53,04% (136 mil) das novas vagas criadas. O percentual referente às pequenas empresas, que empregam entre 20 e 99 trabalhadores, foi de 13,35%. Já a participação das médias e grandes empresas foi, respectivamente, de 13,72% e 16,54% do total.

Outros indicadores divulgados, recentemente, pelo governo e iniciativa privada, têm demonstrado reiteradamente que micro e pequenas empresas brasileiras e bancos públicos atuaram nesse período como verdadeiros amortecedores, evitando demissões e disponibilizando linhas de crédito com taxas de juros diferenciadas.

Agência SEBRAE Notícias

Anúncios