Caixa lança pacote de produtos para Empreendedor Individual

Nova figura jurídica abre oportunidade para informais e também para bancos

Brasília – A Caixa oferece, desde a quinta-feira (6), um pacote de produtos voltados especialmente para o Empreendedor Individual, nova figura jurídica criada no âmbito da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. O pacote inclui a liberação de um limite de até R$ 1.600,00 por Empreendedor Individual. O valor vai variar de acordo com a necessidade e a capacidade de pagamento do empreendedor. Com esse e outros novos produtos, a Caixa espera atender um milhão de empreendedores até o fim de 2010.

O pacote diferenciado traz conta-corrente, Cheque Empresa Caixa, com taxa de juro de 2,87% ao mês, Cartão de Crédito Empresarial (Bandeira Visa) e GiroCaixa Fácil, com juro de 2,64% ao mês. No pacote de relacionamento, está prevista também a concessão dos seguintes benefícios: isenção da tarifa de cadastro e manutenção da conta por 12 meses, isenção da primeira anuidade do cartão de crédito e taxa de juro diferenciado na operação Cheque Empresa Caixa.

Para facilitar o acesso ao novo pacote, a Caixa disponibilizou a comercialização desses produtos nas 1.135 empresas de contabilidade correspondentes do Caixa Aqui. Com foco na demanda do Empreendedor Individual, o banco planeja ampliar esse número de empresas correspondentes. A gerente de Produto da Superintendência de Micro e Pequena Empresa, Ruth Yamamoto, explica que quem não é bancarizado tende a não gostar de entrar em agências bancárias. “Parte dessas empresas de contabilidade são optantes do Simples Nacional. Ou seja, o empreendedor pode se formalizar e já buscar crédito no mesmo lugar”, explica.

O superintendente de Micro e Pequena Empresa da Caixa Econômica, Zaqueu Soares Ribeiro, destaca que “a criação da figura do Empreendedor Individual abre portas para muitos empreendedores se formalizarem e com isso assegurar sua cidadania, reduzir a insegurança jurídica do negócio, ampliar as oportunidades de negócio e, em especial, obter acesso a produtos e serviços financeiros”.

Segundo Zaqueu, para a Caixa, apoiar o Empreendedor Individual é uma oportunidade para expansão da base de clientes e de negócios. Mas é importante também, principalmente, pelos ganhos que o projeto trará para a sociedade, com a formalização dos empreendedores que atuam à margem da economia.

Fonte: Agência SEBRAE de Notícias

Anúncios

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s