O Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval) deve anunciar na próxima segunda-feira, o resultado das primeiras articulações que vão contribuir para içar o polo naval de Pernambuco. A ideia é apresentar cinco empresas que demonstraram interesse em se implantar no Estado. O anúncio deverá acontecer durante o lançamento do encontro de negócios Suape Business, no próximo dia 13, a partir das 10h, no JCPM Trade Center.

O vice-presidente executivo do Sinaval, Franco Papini, que conversou com a reportagem do Jornal do Commercio durante o evento de comemoração dos 70 anos da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), na última quinta-feira, adiantou que na lista de empresas em negociação estão a fabricante norueguesa de tintas navais Jotun, além da companhia japonesa de motores marítimos Daihatsu e de uma unidade de parafusos e de duas centrais de distribuição, sendo uma para usinagem e outra de conexões e válvulas.

“Queremos transformar Suape num polo fornecedor de navipeças para o Norte e Nordeste e, porque não dizer num futuro para o Sudeste e o mercado internacional”, sugere Papini, destacando a atuação do Sinaval na tentativa de trazer para a empreitada entidades de classe como Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) e a Abitam (Associação Brasileira da Indústria de Tubos e Acessórios de Metal).

Durante o evento Circuito Amcham de Desenvolvimento Regional – Edição Suape, em Boa Viagem, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Bezerra Coelho, adiantou que durante o lançamento do Suape Business, na próxima segunda-feira, o governo do Estado também vai divulgar uma lista dos primeiros investimentos captados dentro do programa Suape Global. “Queremos mostrar que o programa já está dando resultados, que não estamos apenas no plano dos encontros de negócios”, afirma Bezerra Coelho, frisando que a lista inclui empresas já anunciadas como a Alphatec1 e a RIP.

Fonte: Jornal do Commercio

______________________________

(1) A ALPHATEC faz parte das empresas que estão se instalando no Distrito Industrial de Escada. Com cerca de 15 anos no mercado de petróleo e gás, a sua matriz fica em Macaé, RJ, cidade que reúne 80% da extração do petróleo brasileiro. Em Escada serão investidos cerca de R$ 15 milhões na nova planta industrial que deverá gerar pelo menos 1.000 empregos diretos. Ver www.alphatec.ind.br

Anúncios