Governo estuda desonerar completamente folha de pagamentos

26/05/2011

OUTROS TEMAS

O deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical, afirmou nesta terça-feira que o governo propôs desonerar completamente a folha de pagamentos, zerando a alíquota da contribuição previdenciária patronal, que hoje é de 20%.

Após participar de reunião entre o ministro Guido Mantega (Fazenda) e as centrais sindicais, o deputado informou que a intenção do governo é criar um imposto que incida sobre o faturamento das empresas para compensar.

De acordo com o Ministério da Fazenda, a proposta de zerar a alíquota é uma das que estão em estudo e foi discutida na reunião, mas não há nada decidido em relação ao assunto.

Segundo o deputado, a desoneração seria gradual, em três anos, quando a contribuição patronal acabaria. Até agora, o governo vinha falando em baixar a alíquota para 14%, proposta rechaçada pelas centrais sindicais. Para as indústrias, a alíquota em estudo seria de 1,5% a 2% sobre o faturamento. Para setores como serviços e bancos, que empregam menos, a alíquota seria maior.

O deputado disse ainda que a intenção do governo é mandar para o Congresso Nacional um projeto de lei sobre o assunto ainda no primeiro semestre.

LORENNA RODRIGUES |  Folha.com

About these ads

Conecte-se

Assine o nosso feed RSS e perfis sociais. (Subscribe to our RSS feed and social profiles.)

Nenhum comentário ainda.

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.132 outros seguidores