Ferrovia Transnordestina

04/02/2010

LOGÍSTICA


Linha tracejada em vermelho sinaliza o trajeto SUAPE - Eliseu Martins no Piauí.

A ferrovia Transnordestina nasce grande, com 1.728 quilômetros de extensão. E tem uma missão de enorme responsabilidade: dar início a um longo ciclo de desenvolvimento para o Nordeste.

A Transnordestina é uma ferrovia que liga os portos de Pecém (CE) e Suape (PE) ao cerrado do Piauí, no município de Eliseu Martins. O objetivo é elevar a competitividade da produção agrícola e mineral da região com uma moderna logística que une uma ferrovia de alto desempenho e portos de calado profundo que podem receber navios de grande porte.

Até se chegar à concepção do traçado atual, foram contratadas experientes consultorias em pesquisas agrícolas e minerais para identificar cargas potenciais que pudessem dar suporte ao crescimento da ferrovia. O que mais chamou a atenção foi o crescimento agrícola no cerrado nordestino e a dificuldade futura para escoar toda a produção, fato que poderia estancar o crescimento regional. Na safra de 2004/5, a região formada pelo Norte do Tocantins, Oeste da Bahia e Leste do Piauí produziu 5,3 milhões de toneladas de grãos.

Isto, somado ao fato de que existem no nordeste dois portos novos e de grande calado, levou à solução: construir uma ferrovia de classe mundial que, junto aos trechos existentes, pudesse dar uma respeitável vantagem competitiva aos produtos do cerrado. A soja, que cresce a taxas superiores a 17% ao ano entre 1992 e 2004, no cerrado nordestino, junto com o milho e o algodão, pode se transformar na carga-âncora que vai tornar o novo empreendimento sustentável.

No meio do caminho, uma imensa e já conhecida jazida de gipsita ganha também um sopro de competitividade capaz de revitalizar a região. A estas duas cargas adicionem-se os combustíveis e o biodiesel, com excelente perspectiva de crescimento, o pólo produtor de frutas em Pernambuco mais a produção de álcool que se inicia no cerrado, além das excepcionais oportunidades para o transporte de minério de ferro. Está pronto um mix de cargas capaz de sustentar um empreendimento rentável.

As projeções da ferrovia apontam para o transporte de 17 milhões de toneladas de cargas em 2010 e cerca de 27 milhões em 2020. A construção foi iniciada em 6 de junho de 2006 e sua conclusão prevista para dezembro de 2010.

BENEFÍCIOS

A Nova Transnordestina é um sistema de transportes formado por ferrovia, terminais portuários e estradas que vão alimentar este sistema. Na sua operação, o mais importante é tirar proveito máximo de cada uma de suas partes, fazendo o que se chama de logística integrada.

Integração leva à eficiência e esta é passada a vários setores. Um deste é o têxtil que voltará a contar com algodão nacional para manter sua competitividade no mercado mundial. Mas, sem dúvida, um dos maiores beneficiados será o segmento chamado de protéico. Parte dos grãos cultivados no cerrado será consumida por empresas brasileiras que produzem carnes, seja de aves, suínos ou bovinos.

A carne é a forma de se agregar valor à proteína contida, por exemplo, no farelo de soja adicionado às rações animais. Dessa forma, o país gera mais empregos internamente e exporta produtos de maior valor agregado.

Outra forma de estimular a economia regional é fornecer serviços logísticos para os sistemas locais de produção (SLP) já instalados na região. Eles atuam em vários setores produzindo tijolos, roupas, cal, gesso, mel, calçados, móveis, frutas, minerais e dezenas de outros produtos.

O SLP, também conhecido como cluster, nada mais é do que um grupo de pequenos empresários (produtores ou prestadores de serviços) que juntos conseguem ser mais competitivos do que separados, assim trabalham de forma cooperativa dentro de um espaço geográfico definido onde têm acesso facilitado a mão-de-obra, mercado ou insumos. Com a infra-estrutura adequada estes SLP podem empregar mais pessoas e serem aperfeiçoados.

Desenvolvimento Regional

Podemos ainda citar outras importantes contribuições à economia regional deste novo sistema de transportes:

» Redução dos custos logísticos de exportação
» Aumento do valor das terras do cerrado nordestino
» Reorganização espacial da produção agrícola
» Atração de novos empreendimentos para a região
» Estímulo ao projeto nacional de Biodiesel

Benefícios Sociais

É importante lembrar que desenvolvimento social não depende apenas do sucesso econômico. Sem distribuir os ganhos de forma sustentável e igualitária um projeto pode fracassar. Entre os principais benefícios sociais da Nova Transnordestina podem citar:

» Desenvolvimento regional equilibrado no Nordeste

» Conforme avaliação feita pelo Banco do Nordeste do Brasil (B.N.B), a Transnordestina poderá gerar 500 mil novos empregos.

» Melhoria do meio ambiente com o uso intensivo de um meio de transporte menos poluente, o trem; e o estimulo à produção de álcool (cana-de-açúcar) e biodiesel.

» Geração de impostos. A atividade econômica aumenta a arrecadação de impostos, o que dá meios aos governos locais de investir em educação, saúde e melhorias sociais capazes de potencializar os ganhos econômicos.

Terminais Portuários de Primeira Linha: Pecém e Suape

Complexo Industrial Portuário de SUAPE, Pernambuco

A Nova Transnordestina, uma ferrovia de primeira classe, precisa ser acompanhada de terminais portuários também de primeira linha. Para isso, serão construídos dois terminais graneleiros nos portos de Pecém, no Ceará, e Suape, em Pernambuco, com capacidade de estocagem de 900 mil toneladas de grãos e farelos.

Os terminais poderão receber navios graneleiros de grande capacidade do tipo capesize com até 150 mil toneladas por porte bruto (tpb), que podem transportar até 105 mil toneladas de soja, por exemplo. Cada um dos terminais terá dois transportadores com capacidade para 1,5 mil toneladas/hora, o que permitirá que um navio deste tipo seja carregado em apenas um dia e meio.

Capesize são navios graneleiros com capacidade que vai de 80 mil a 199 mil toneladas. Atualmente, os mais navios de transporte de soja que aportam em Santos e Vitória têm, no máximo, 125 mil tpb e carregam 85 mil toneladas de soja.

A proximidade de Pecém e Suape do mercado europeu, um dos principais destinos da soja brasileira, é um reforço às vantagens deste sistema de transportes. Velocidade de carregamento, navios de grande porte e posição geográfica garantem o sucesso deste empreendimento em que serão investidos cerca de R$ 400 milhões.

Segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), os portos brasileiros devem embarcar, este ano, 20,5 milhões de toneladas de soja, isto é, 10% do total movimentado no mercado mundial. Quando concluídos, estes terminais portuários poderão movimentar 30 milhões toneladas de grãos e minérios.

As cidades e a ferrovia

Em Pernambuco a Ferrovia Transnordestina passará pelos seguintes municípios:

Ipojuca, Escada, Primavera, Ribeirão, Gameleira, Água Preta, Joaquim Nabuco, Palmares, Catende, Bonito, Belém de Maria, São Joaquim do Monte, Cupira, Agrestina, Altinho, São Caitano, Tacaimbó, Cachoeirinha, São Bento do Una, Belo Jardim, Sanharó, Pesqueira, Alagoinha, Venturosa, Pedra, Arcoverde, Buíque, Sertânia, Tupanatinga, Custódia, Betânia, Flores, Calumbi, Serra Talhada, Mirandiba, São José do Belmonte, Verdejante, Salgueiro, Trindade

Kilometragem dos trechos da Transnordestina:

Missão Velha – Salgueiro 96 km
Missão Velha – Pecem 527 km
Salgueiro – Suape 522 km ( Já passando por Arcoverde)
Salgueiro – Trindade 166 km
Trindade -Elizeu Martins 420 km
About these ads
,

Conecte-se

Assine o nosso feed RSS e perfis sociais. (Subscribe to our RSS feed and social profiles.)

38 Comentários em “Ferrovia Transnordestina”

  1. jose carlos isidoro tesch Says:

    trabalhei na fepasa ferrovia paulista 23 anos comecei como lubrificador de chaves e fui até despachador do movimento ou seja controlador de trafego gostaria muito de fazer parte novamente da familia ferroviaria sou de aguai /sp meu telefone 019 36522754 eo celular 019 991863714 grande abraço

    Resposta

  2. Paulo queiroz Says:

    Boa noite Fernando climaco gostaria de saber se ja estao selecionando pessoas na area da ferrovia na carreira c , porque ja fui manobreiro ferroviario e gostaria de saber se tem algum amail que eu poderia mandar meu curriculo,,, sou de Serra talhada mais moro no maranhao a 18 anos e atuei aqui na ferrovia Vale , e queria muito voltar a minha terra natal e trabalhando ai na ferrovia seria otima oportunidade de retornar pra perto de meus familiares…agradeço se puder me passar o amail para mim mandar meu curriculo….esse meu amail paulinhoaqueiroz@hotmail.com

    Resposta

  3. gerson luiz Says:

    GOSTARIA DE ACREDITAR , que mais uma ferrovia saisse do projeto pois temos duas pelo ao menos q ta so na promessa a anos , traria progresso e mto mais nesse Pais e tdo enganação , temos ai como exemplo a FICO E FIOL sera mais uma promessa??/

    Resposta

  4. Washington Luis Ribeiro Says:

    Importante obra do Governo. Mias um passo para fazer progredir essa região que tem muito a oferecer.

    Resposta

  5. Jorge alves de oliveira neto Says:

    Sou maquinista com experiencia de 3anos na area trabalhei tambem 1 ano na via permanente

    Resposta

    • paulo queiroz Says:

      tenho experiencia tambem como manobrista ou auxiliar de maquinista, queria tambem saber o amail ai aonde eu possa mandar meu curriculo

      Resposta

      • paulo queiroz Says:

        tenho interesse de atuar na ferrovia na area que passa em serra talhada como manobrista ferroviario ou auxiliar de maquinista, tenho experiencia na area trabalhei na vale do rio doce… quero muito voltar a serra talhada minha terra , hoje estou no maranhao… meu amail paulinhoaqueiroz@hotmail.com se alguem souber email aonde eu possa mandar meu curriculo agradeço

        Resposta

  6. Francisco Alves de Assis Says:

    Até que enfim foi reconhecido o potencial do NORDESTE,a transnordestina vai trazer uma riquesa incalculavel para a região.

    Assis

    Resposta

  7. jose raimundo dos santos Says:

    este empreendimento mesmo antes de ser concluido ja mudou radicalmente avida
    de muita gente de praticamente, todo brasil.
    obrigado Sehores po tão importante obra….

    Resposta

  8. paulo rendy Says:

    Caro amigo.
    Gostaria de saberse existe vaga disponivel para gerente administrativo, com grande experiência em empresas de grande e médio porte , em todas areas , principalmente constrtução civil.
    Grato
    Paulo Rendy
    Rendyex@oi.com.br

    Resposta

  9. wagner Says:

    oi tudo bem fernando? meu nome é wagner sou de bezerros PE, e gostaria de saber se por aqui exixtem algum lugar que se preparem maquinista de trem tenho muita vontade de exercer essa profissao mas com o avançar das nossas linha ferroviarias possa ser que venha a realizar esse sonho obg aguardo respostas.

    Resposta

  10. bruno gomez Says:

    Olá, sou de Ribeirão emoro 15metros proximo a linha e eu gostaria de saber se eu vou ter qe sair da minha casa !!

    Resposta

  11. bruno gomez Says:

    Olá, sou de ribeirão gostaria de saber se vou ter qui sair da minha casa !!

    Resposta

  12. LUANY VITORIA Says:

    ADOREI ESSA PAGINA PARABENS A QUEM A CRIOU.

    Resposta

  13. sintya Says:

    Olá, Sou Assistente Social com esperiência em Empresa. Resido em Belém-Pa, gostaria de saber cmo pleitear uma vaga na empresa Transnordestina. Cmo faço para eniar meu curriculo.att.

    Resposta

  14. jocielio de sousa Says:

    Como faço para enviar meu Currículo, gostaria de trabalhar na Transnordestina, pois sou Maquinista por 6…

    Resposta

  15. JOÃO Says:

    BOM DIA.
    SOU DE PERNAMBUCO:E HOJE ESTOU ATUANDO COMO FISCAL DE OBRAS E LIBERAÇÃO DE FAIXA E ATUANDO NA CONSTRUÇÃO E MONTAGEM GASODUTO E OLEODUTO.TAMBEM JA TRABALHEI COM PROJETO DE FERROVIAS EX:FERROESTE (PARANA) E FERRONORTE (SÃO PAULO/MATO GROSSO).
    E GOSTARIA DE MUDAR DE AREA ATE POR SER PROXIMO A REGIÃO DE RESIDENCIA.
    ENTÃO SE POSSIVEL POSSO ENVIAR MEU CURRICULO PARA APRECIAÇÃO.

    Resposta

  16. Adair Roza da Silva Says:

    Como faço para enviar meu Currículo, gostaria de trabalhar na Transnordestina, pois sou Maquinista por 7 anos de trem de Minério, Passageiro, Cargueiro e serviço.

    Resposta

  17. valrileny menezes Says:

    Oi. gostaria de saber como fazer para mandar meu currículo e concorrer a uma vaga de emprego.Moro em Crateús, por onde a ferrovia vai também atuar e ficaria feliz em saber se haver´´a vagas por aqui.
    Um abraço e bom trabalho a todos.
    val

    Resposta

  18. xenia angelica Says:

    como posso mandar meu curriculo pela internet para uma vaga de trabalho para suape ou transnordestina?

    Resposta

  19. aretha lima Says:

    Olá. sou de Recife -Pe, e gostaria de saber como faço para concorrer uma vaga de emprego. sou Engenheira Ambiental e curso Auditoria e Perícia Ambiental.

    att;
    Aretha Lima
    fone; 81-86075373 81- 97078232

    Resposta

  20. Carlos Says:

    GOSTARIA EM SABER COMO FAÇO PARA CONCORRER UMA VAGA PARA ATUAR COMO TOPÓGRAFO NESSA OBRA DA FERROVIA.

    Resposta

  21. Miguel B. Delvalles Says:

    Somos produtores de dormentes, variedade eucaliptos citriodora,temos autoclave para tratamento e logistica.
    Gostaria de fazer contatos com a area de suprimentos, pedimos telefones e, e mail. Estamos no aguardo.

    Resposta

  22. ANA CELIA Says:

    COM MAIS DE 15 ANOS DE EXPERIÊNCIA NO MERCADO SOMOS, UMA EMPRESA ESPECIALIZADA NO DESENVOLVIMENTO E FABRICAÇÃO DE CORRENTES ENGRENAGENS PARA OS DIVERSOS EQUIPSAMENTOS DE TRANSPORTES EXISTENTES NO MERCADO BRASILEIRO. ENTRE NOSSA LINHA DE PORODUTOS ESTÃO:COIRRENTES PARA:
    ACIONAMENTO PESADO.
    COM BUCHAS SOLDADAS (WD/WH).
    COMBINADAS, ESTAMPADAS E FORJADAS.
    DE ARRASTE ESTAMPADAS.
    DE ARRASTE FORJADAS.
    ELEVADOR DE CANECAS.
    PARA RETOMADORAS.
    TRANSPORTADORES DE CAÇAMBAS.
    ESPECIAIS, CONFORME PROJETO.
    RODAS E ENGRENAGENS.
    ACESSORIOS PÇARA CORRENTES (GUIAS DE DESGASTE E EQUIPAMENTO PARA MONTAGEM E DESMONTAGEM DE NOSSAS CORRENTES).

    Resposta

  23. Jeferson José Dos Santos Says:

    GOSTARIA DE CONTRIBUIR NA CONSTRUÇÃO NA AREA AUTOMAÇÃO DESTA FERROVIA JA TENHO EXPERIENCIA DA FERROVIA DO AÇO EM MINAS GERAIS. GRATO PELA ATENÇÃO JEFERSON TELEFONE PARA CONTATO (27) 33626154

    Resposta

  24. luis eduardo gemignani Says:

    como posso enviar um curriculo para a empresa ferroviaria que tem a ¨concessao¨da transnordestina,sou maquinista de trem e gostaria de enviar um curriculo!

    Resposta

  25. flavio assis Says:

    GOSTARIA DE SABER A RESPEITO DAS IDENIZAÇOES DOS IMOVEIS NAS AREAS A SEREM DESAPROPRIADAS PELA TRASNORDESTINAS.
    TENHO MULHER E FILHOS PARA ORGANIZAR UMA NOVA VIDA EM OUTRO LOCAL

    Resposta

  26. Orlando de Almeida Calado Says:

    Sr. Fernando Clímaco,

    Fiquei feliz ao saber que a Ferrovia Transnordestina passará por São Bento do Una. Então, gostaria de saber se ela passará perto da zona urbana ou distante, antes de seguir para Cachoeirinha e vindo de Belo Jardim.
    Forte abraço.

    Resposta

    • Fernando Clímaco Says:

      Caro amigo, no momento não sei detalhes do traçado, todavia, pelas características da via, não deve passar muito próximo à zona urbana. São trens muito grandes, bem maiores dos que estamos habituados, circulando numa bitola de 2 metros entre trilhos e com comboios que podem chegar a 2km. Por isso acredito que não deve passar muito próximo da área urbana.

      Resposta

  27. claudiane Says:

    olá morro em vitória-es, faço curso de logistica e um dos meus trabalhos tenho q falar do ferrovia, gostei muito das suas informações,continue nus informando pois suas informações vai ser muito importante.

    Resposta

  28. Francisco de Assis Tavares Says:

    Fico muito feliz em ver a retomada do transporte ferroviário em nosso país. Sou do Rio Grande do Norte e espero em breve ver reativados os trechos que comtemplam nosso estado com a qualidade que está sendo impelmentado em outras regiões.

    Resposta

  29. Daniella Ramos Says:

    Parabéns!!! Um ótimo texto, repleto de boas informações, só precisa atualizar o novo prazo de conclusão do empreendimento que é 2012.

    Resposta

  30. Reilton Pereira Cardoso Says:

    oi, sou do maranhao, trabalho de motorista de veiculos pesados na constrtora que esta executando a obra da ferrovia transnordetina, tu gostando muito de fazer parte deta equipe, estamos no trecho de salgueiro, peço a Deus que terminemos esta obras sem icidentes ou acidentes leves ou graves. abraços

    Resposta

  31. maria cristina dos santos silva Says:

    Olá. sou do rio de janeiro e estou de mudança para maracaípe e gostaria de saber como pleitear uma vaga de emprego. sou assistente social ceo experiência em coordenação e supervisão. além de gestão de RH.
    att; maria cristina. fone; 21-24031600 ou 21-88339570

    Resposta

  32. Raimundo Martins Sales Neto Says:

    A União restitue. Se o dono não aceitar, vai desapropiar de qualquer forma. O interesse público é maior, e não aceitando o valor acordado da terra, desapropia e ficará como precatório.

    Resposta

  33. elita Says:

    O DESENVOLVIMENTO É IMPORTANTE PARA O NOSSO PAÍS, E COMO IRÁ SERÁ PAGO AOS INDENIZADOS QUE TEM MAIS DE 50 ANOS NESTAS TERRAS?

    Resposta

Comente agora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.090 outros seguidores