Prefeito do Recife recebe presidente da Refinaria Abreu e Lima

O prefeito do Recife, João da Costa (PT), recebeu em seu gabinete, na tarde desta quarta-feira (18), o presidente da Refinaria Abreu e Lima, Marcelino Guedes. Ele solicitou parceria com o município no sentido de promover qualificação profissional, visando suprir demanda de pessoal para execução do projeto da grande Suape, sobretudo nas áreas de tecnologia e engenharia.

O petista foi receptivo à proposta do presidente da Refinaria e solicitou que ele apresente o projeto de forma detalhada para secretários, assessores e técnicos das áreas envolvidas até o mês de dezembro.

Prefeitura de Escada promove ação de saúde nesta sexta-feira

A Secretaria de Saúde de Escada, cidade localizada na zona da Mata de Pernambuco, a cerca de 60 km do Recife, vai promover nesta sexta-feira (20), no bairro de Nova Descoberta, mais uma ação do “Saúde Solidária”. O projeto tem como objetivo sensibilizar e orientar toda a população sobre os cuidados básicos com a saúde. A atividade será realizada no posto de saúde Jesus Crucificado, a partir das 9h.

Na ocasião, vão ser oferecidos exames de glicose, (HGT), aferição de pressão, vacinação e consultas médicas. Os pacientes também vão receber orientações e panfletos sobre diabete, aleitamento materno, doenças sexualmente transmissíveis, prevenção contra o câncer, alimentação saudável, saúde da mulher e do idoso. Os profissionais vão distribuir kits com escola e pasta de dente, orientando as crianças obre os cuidados necessários com a saúde bucal.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Leila Moraes, promover ações preventivas é uma maneira de garantir a qualidade de vida da população, já que nas ações nessas oportunidades todos podem se consultar, tirar dúvidas, ser vacinada e ainda receber orientações, tudo no mesmo local.

A atividade contará com o apoio dos profissionais do Programa de Saúde da Família (PSF), tais como médicos, enfermeiras, dentistas, vacinadores e agentes de saúde. A expectativa é que cerca de 500 atendimentos sejam realizados durante todo o dia. (Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Escada)

Cabo realiza Feira Agroindustrial a partir desta sexta

Começa nesta sexta-feira (20) a Feira Empresarial eAgroindustrial do Cabo de Santo Agostinho (Feaca). Organizada pela Prefeituraem parceria com a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), a feirase estende até o domingo (29), lo Largo da antiga CPR.
O evento, além de evidenciar a produção do pequeno produtorrural, abre espaço para a exposição de animais. São esperadas mais de 70 milpessoas circulando pelo pátio durante os dias da feira.
A Feaca é uma mostra onde os produtos de artesanato em barroe tecidos são expostos e comercializados por artistas do Cabo, Ipojuca, Recife,Escada e outros municípios vizinhos. Até a quinta-feira (26), o parque dediversões, a feira gastronômica, artesanatos e shows musicais com bandas locaisserão as atrações do evento.
A partir da sexta-feira (27) terá início a exposição deanimais que conta com equinos, bovinos, caprinos e ovinos. São animais mestiçosde expositores de várias cidades do estado.
“Faremos um leilão de animais presentes na Feaca, onde oexpositor que se interessar poderá participar comprando e vendendo”, explicouLuiz Mário, responsável pela organização da feira. Também haverá cavalgada ecavalhada, além de estandes de empresas de produtos agropecuários. O evento évoltado para o negócio, cultura local, geração de empregos e melhoria da rendados pequenos produtores.(Tribuna Popular)

Brasil supera crise e entra em fase de forte expansão, diz FGV

A economia brasileira passou “para a fase de ‘boom'” e se destacou entre as demais da América Latina, com um ICE (Índice de Clima Econômico) de 7,4 pontos, segundo pesquisa da FGV (Fundação Getulio Vargas) elaborada em parceria com o instituto alemão Ifo e divulgada nesta quinta-feira. Na pesquisa anterior, de julho, o indicador estava em 5,5 pontos.

O ISA (Índice da Situação Atual) no Brasil aumentou de 4,3 para 6,4 pontos e o IE (Índice de Expectativas) passou de 6,6 para 8,4 pontos. “O Brasil se destaca por apresentar os maiores índices da região seja o de clima econômico, situação atual ou de expectativas”, informou a FGV em comunicado.

O Brasil também lidera entre os Brics (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia e China) com um ICE de 7,4 pontos. A Índia ficou com 7 pontos; a China com 6,5 pontos); e a Rússia com 4,7 pontos.

O ICE da América Latina atingiu 5,2 pontos entre julho e outubro de 2009 –superando, pela primeira vez desde janeiro de 2008, a média dos últimos dez anos (5,1 pontos). O ISA passou de 2,6 pontos para 3,3 pontos e o IE, de 5,4 pontos para 7 pontos. “A situação atual ainda é considerada desfavorável, mas as expectativas melhoram e continuam apontando para um cenário positivo”, destaca a FGV para a região.(Folha Online)

Refinaria: Contratos ainda sem prazo definido

Depois de extrapolado o prazo para a assinatura dos seis últimos grandes contratos de obras para a construção da Refinaria Abreu e Lima, inicialmente programada para setembro, a gestão da unidade de refino trabalha agora com uma nova estimativa. Segundo informações de um grande executivo ligado ao empreendimento, a expectativa é de que os acordos sejam firmados até o fim do ano. Eles são referentes às unidades de processo e, juntos, representam mais da metade do projeto. Oficialmente, no entanto, não há nada confirmado.

“Por mim eles seriam assinados amanhã”, limitou-se o gerente de Relações Institucionais da Refinaria Abreu e Lima, Marco Petkovic, deixando em aberto um prazo. O impasse está nos valores dos contratos oferecidos. Eles não são compatíveis com o que espera a direção da Petrobras. Por isso, a empresa precisou reabrir processos licitatórios e passou a cogitar a possibilidade de procurar instituições estrangeiras.

Entre os dez grandes acordos fechados até o momento está o relativo aos serviços de terraplanagem. As obras em 600 hectares foram alvo de desconfiança do Tribunal de Contas da União (TCU). Superados os indícios de superfaturamento, os trabalhos seguem em fase final. “Está praticamente terminando. Os outros estão correndo mais rápido agora que a chuva terminou. De novembro a março, teremos gente no canteiro de obras”, pontuou Petkovic.

Até a primeira quinzena de dezembro, a estatal venezuelana PDVSA deve comprar ações para se tornar sócia da Refinaria. Com isso, espera-se que o deficit da balança comercial anual entre os dois países caia US$ 2 bilhões, atingindo US$ 3,5 bilhões. A PDVSA vai desembolsar 40% de aproximadamente US$ 1 bilhão que a Petrobras já investiu na unidade. A importância da presença da nação vizinha é das maiores. As exportações brasileiras para a Venezuela cresceram 758% nos cinco primeiros anos do governo Lula.

Em Pernambuco, a sociedade deve render frutos para outras áreas. Segundo a cônsul geral da Venezuela, Coromoto Godoy, um estudo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) pode resultar em duas publicações sobre o general pernambucano Abreu e Lima, um dos heróis da independência venezuelana. Pode culminar também em um centro cultural. Hoje, será inaugurado o escritório da Câmara de Comércio Venezuelana-Brasileira no Recife.(Folha de Pernambuco)

Vagas do Prominp ainda abertas


O Fórum Regional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) em Pernambuco vai recomendar uma série de adaptações no projeto durante o encontro nacional que acontece entre os dias 2 e 4 no Recife. Isso porque o Estado não tem conseguido preencher as vagas da capacitação por completo. No último ciclo, dos 7.510 lugares oferecidos, pouco mais de 6 mil foram utilizados. O número é considerado pequeno, principalmente se for levada em consideração a quantidade de pessoas interessadas: cerca de 40 mil.

“Isso é ruim para a filosofia de implantação desses empreendimentos. Não só no que diz respeito à geração de derivados de petróleo, mas no desenvolvimento de Pernambuco, que é o interesse da Petrobras. É importante que a riqueza fique no Estado e nós precisamos de mão de obra local”, ressaltou o gerente de Relações Institucionais da Refinaria Abreu e Lima, Marco Petkovic.

O problema está no rigor das regras. Entre as medidas propostas para que as vagas sejam todas ocupadas, está a ampliação da isenção na taxa de inscrição no Prominp, hoje só destinada às famílias que fazem parte do Programa Bolsa Família. “Outra questão tem a ver com os cursos realizados em tempo integral. É necessária a abertura para que quem está empregado possa estudar em tempo parcial”. A abertura do próximo ciclo de inscrições só deve acontecer após o aperfeiçoamento.(Folha de Pernambuco)

Aprovada criação da Petro-Sal



O governo conseguiu aprovar ontem no plenário da Câmara o primeiro dos quatro projetos que estabelecem o novo marco regulatório para a camada do pré-sal. Por 250 votos a favor e 67 contra, a base aliada aprovou a criação da Petro-Sal, estatal que será responsável pela gestão dos contratos de partilha na nova área de exploração da costa brasileira. A mobilização dos deputados da base garantiu a aprovação do texto base do projeto sem alterações em relação ao que havia sido aprovado na comissão especial que analisou a proposta. O relatório do deputado Luiz Fernando Faria (PP-MG) ficou praticamente igual ao texto original encaminhado pelo Palácio do Planalto ao Congresso no início de setembro. Além de fazer a gestão dos contratos, a Petro-Sal estará presente em todos os consórcios que serão formados para explorar os campos do pré-sal e representará a União nos comitês operacionais, órgãos responsáveis pelo controle das atividades dos campos. O excesso de poder nas mãos da estatal foi motivo de críticas de representantes da indústria petrolífera durante a tramitação do projeto na Câmara.(Jornal do Commercio)