Senado aprova fundo para micro e pequenas empresas

O plenário do Senado aprovou hoje a Medida Provisória 464,que prevê a criação de um fundo garantidor para proteger os empréstimos tomadospor micro e pequenas empresas. Pelo projeto, o fundo avalizaria empréstimos deaté R$ 10 milhões e cobriria 80% do montante em caso de risco.Uma emendaincluída ao projeto pelo senador Osmar Dias (PDT-PR) cria ainda um fundogarantidor para empréstimos feitos por bancos a produtores rurais. Este fundoseria capitalizado com R$ 1 bilhão cedido pela União. Pelo relatório do senadorOsmar Dias, os fundos serão capitalizados com 7% do valor de cada empréstimoavalizado. O porcentual será dividido entre a empresa ou o produtor que pedir oempréstimo, o banco e a União.

Outra emenda, incluída pelo deputado Átila Lins (PMDB-AM), relator da MP naCâmara dos Deputados, aumenta de 10% para 30% o valor do saldo do Fundo deGarantia do Tempo de Serviço (FGTS) que o trabalhador pode aplicar em projetosde infraestrutura. A aplicação pelo contribuinte não será feita diretamente nosprojetos, e sim a partir da compra de cotas do Fundo de Investimentos do FGTS(FI-FGTS). Esta emenda foi mantida sem alterações pelos senadores.

A MP 464, editada como medida para o enfrentamento da crise financeira mundial,libera R$ 1,95 bilhão para Estados e municípios que perderam arrecadação comexportações. O valor será dividido em 75% para Estados e 25% para municípios.Os entes que tiverem dívida com a União terão o valor da compensação abatida nosaldo devedor. Como sofreu alterações, a MP voltará para análise da Câmara dosDeputados antes de ser levada à sanção.

Estado mostra oportunidades


LUANDA, ANGOLA – O pontapé inicial para estreitar as relações comerciais entre empresários nordestinos e angolanos foi dado ontem. Mais de 40 angolanos, representantes de empresas de diversos ramos, do governo nacional e da província de Luanda prestigiaram o Seminário Oportunidades de Negócios, Investimentos e Cooperação com o Nordeste do Brasil, no Hotel Trópico, em Luanda. Promovido pela Federação do Comércio do Estado de Pernambuco (Fecomércio-PE), o evento foi aberto pelo embaixador do Brasil em Luanda, Afonso Cardoso.

De acordo com Cardoso, em 2002, o comércio exterior entre os dois países ficou em US$ 200 milhões. No ano passado, esse número saltou para US$ 4,3 bilhões. “Até 2012, a Petrobras investirá US$ 3 bilhões em Angola. Após o Brasil, é o primeiro país com maior intensidade de prospecção da estatal”.

Cardoso acrescentou dois pontos importantes para serem discutidos: capacitação, formação e aperfeiçoamento de pessoal e a diversificação da economia angolana. “Do lado brasileiro, a preocupação é agregar valor à nossa economia, como exportadores e produtores de bens para o desenvolvimento econômico e social”.

O presidente da Fecomércio, Josias Albuquerque, ficou responsável por mostrar as oportunidades de negócios em Pernambuco e exibir o potencial de Suape. O governador do Estado, Eduardo Campos, não pode comparecer por conta da visita do presidente Lula a Pernambuco nesta semana. Campos participou das duas últimas missões promovidas pela entidade, na Índia e na China.

Albuquerque citou os projetos estruturadores do Estado, como transposição, Transnordestina, Estaleiro Atlântico Sul, Refinaria Abreu e Lima, polos Farmoquímico e de Confecção do Agreste, bem como a instalação da Perdigão e da Sadia. “Suape é o carro chefe do nosso desenvolvimento. Daqui a dez anos Pernambuco estará totalmente diferente”. Todas as oportunidades foram salientadas pelo ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente do Estado e hoje consultor, Cláudio Marinho, sobretudo o Porto Digital.

AGÊNCIAS RMR// 552 oportunidades de emprego nesta quarta-feira

Motoristas e operadores de máquinas pesadas tem mais de 30 oportunidades pelos 10 pontos de atendimento da Agência na RMR: paga-se até R$1000

Quarta-feira com 552 oportunidades de emprego pelas Agências do Trabalho na Região Metropolitana: 125 para trabalhadores com deficiência e 427 para trabalhadores sem deficiência.

INSCREVA-SE – trabalhadores com ou sem experiência, ou ainda com algum tipo de qualificação em qualquer área do mercado, podem procurar a Unidade da Agência do Trabalho mais próxima de casa e realizar cadastro. O trabalhador não paga nada por este serviço: bastar apresentar ao atendimento RG, CPF e carteira de trabalho originais (no caso de trabalhador com deficiência, apresentar também laudo médico).
TODAS AS OPORTUNIDADES – Estas vagas estão sujeitas a alterações no decorrer do dia.Última atualização às 17h 30 do dia 13/10/09. Favor confirmá-las diretamente na Unidade mais próxima.

Olinda
Recife e Camaragibe  somam 296 oportunidades: 124 para trabalhadores com deficiência e 172para trabalhadores sem deficiência.
Cabo de Santo Agostinho oferece 129 oportunidades de emprego. Lista completa de vagas aqui.
Igarassu e Paulista oferecem 67 oportunidades de emprego. Lista completa de vagas aqui.
Ipojuca oferece 60 oportunidades de emprego. Lista completa de vagas aqui.